Com aproveitamento equilibrado, Timão 'reserva' jogou mais partidas no Paulista

Com aproveitamento equilibrado, Timão 'reserva' jogou mais partidas no Paulista

Mesmo sendo reserva, Walter teve algumas oportunidades no Paulista

Mesmo sendo reserva, Walter teve algumas oportunidades no Paulista

O Corinthians é dono da melhor campanha do Campeonato Paulista e terminou a primeira fase da competição invicto. O curioso é que esse desempenho não foi obtido somente pelos jogadores titulares da equipe do técnico Tite. Pelo contrário, dos 15 jogos disputados nessa primeira fase, em oito deles o time era composto por cinco ou mais jogadores considerados reservas.

E o time "B" do Corinthians terminou a primeira fase com um aproveitamento equilibrado se comparado ao dos titulares. São oito jogos - seis vitórias e dois empates. O elenco composto pelos 11 homens de maior confiança do técnico Tite atuou em sete jogos e empatou duas vezes também.

No número de gols marcados, o ataque titular leva vantagem: são 15 gols marcados contra 13 dos suplentes. Já na defesa, os reservas levaram a melhor: só tomaram quatro gols, contra seis dos titulares.

O revezamento raro entre titulares e reservas só aconteceu por que o Corinthians disputa a Copa Libertadores da América no mesmo período. Buscando uma boa campanha em uma das competições mais importantes do calendário do futebol, o técnico Tite optou por poupar titulares em semanas de jogos importantes. O Timão também enfrentou uma maratona de quatro jogos em oito dias pelo Paulistão, que fez com que o treinador precisasse variar nas equipes que entraram em campo.

Confira a divisão entre reservas x titulares

Reservas (2 empate - 13 gols marcados - 4 gols tomados)
Palmeiras: Cássio; Edilson, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Danilo; Mendoza e Guerrero.
Botafogo-SP: Walter; Edílson, Yago, Edu Dracena e Fábio Santos; Cristian, Bruno Henrique, Luciano, Petros e Mendoza; Guerrero.
Ituano: Cássio; Edílson, Yago, Edu Dracena e Uendel; Cristian; Malcom, Bruno Henrique, Petros e Mendoza; Guerrero.
Mogi Mirim: Cássio; Edílson, Yago, Edu Dracena e Mendoza; Cristian, Petros, Jadson e Malcom; Vagner Love e Guerrero.
São Bernardo: Cássio; Edílson, Felipe, Edu Dracena e Yago; Cristian e Petros; Malcom, Danilo e Luciano; Vagner Love.
Portuguesa: Walter; Edílson, Felipe, Yago e Petros; Cristian, Bruno Henrique, Malcom, Danilo e Luciano; Vagner Love.
Bragantino: Walter; Edílson, Yago, Edu Dracena e Petros; Cristian, Bruno Henrique e Danilo; Luciano, Malcom e Vagner Love.
XV de Piracicaba: Walter, Edílson, Yago, Dracena e Rodrigo Sam; Cristian e Bruno Henrique; Malcom, Petros e Mendoza; Vagner Love.

Titulares (2 empates - 15 gols marcados - 6 gols tomados)
Marília: Cássio; Fágner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias, Renato Augusto, Jadson e Emerson Sheik; Guerrero.
São Paulo: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf e Elias; Jadson, Danilo e Emerson; Guerrero.
Red Bull Brasil: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Cristian e Emerson Sheik; Guerrero.
Linense: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Petros, Elias, Renato Augusto e Mendoza; Vagner Love.
Capivariano: Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Cristian e Ralf; Jadson, Renato Augusto e Emerson; Guerrero.
Penapolense: Cássio; Fagner, Yago, Edu Dracena e Uendel; Ralf; Jadson, Petros, Renato Augusto e Emerson; Guerrero.
Santos: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson; Guerrero.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes