Após empate fora de casa, Tite lamenta falta de descanso dos jogadores do Timão

1.4 mil visualizações 16 comentários

Por Meu Timão

Em Piracicaba, o Corinthians correu atrás do placar e evitou a derrota contra o XV

Em Piracicaba, o Corinthians correu atrás do placar e evitou a derrota contra o XV

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Terminou, enfim, a primeira fase do Campeonato Paulista de 2015. No estádio Barão de Serra Negra, o Timão empatou com o XV de Piracicaba em 2 a 2 e manteve a série de jogos sem perder desta temporada. Após a partida, o técnico Tite analisou o resultado fora de casa. De acordo com o treinador, a maratona de jogos do mês de março foi crucial para o resultado inesperado.

"Foram 36 dias que o grupo de trabalho teve e um ou dois dias (de folga), de carnaval. Dois dias de descanso em 36 de trabalho, foram 12 jogos. E aí, a gente tentando fazer essa mágica, não poupou ninguém. A gente não poupa, é que não tinha tempo de recuperação, tanto é que eu trouxe 16 (jogadores). Até o Emerson veio, com duas opções ofensivas, que tinham dois cartões amarelos, e se tivesse a necessidade iam pro jogo. Nós trouxemos (os atletas) dentro da possibilidade, vamos ficar devendo, eu e a direção toda, pro Felipe, pro Ralf e pro Emerson uma folga. Mas eles sabem que é em benefício do grupo", analisou Tite durante a entrevista coletiva.

Classificada para as quartas de final, o XV de Piracicaba impôs um ritmo forte de jogo deste o início do primeiro tempo. Segundo o técnico alvinegro, o responsável pela atuação da equipe do interior é Toninho Cecílio, comandante do XV.

"(A equipe) fez um grande primeiro tempo, depois tu vai sentindo algumas situações. O ritmo que o XV empregou, tem alguns jogos que tu pega o tanque de reserva e bota pra jogar. Vou fazer igual o Toninho (Cecílio, técnico do XV de Piracicaba), ele dá dois dias de recuperação para os jogadores. A gente sabe quando uma equipe procura um combustível reserva. O XV estava terminando o jogo na linda de fundo, com cruzamento pela qualidade que ele colocou e pelo volume", acrescentou Tite, que ainda elogiou a postura dos jogadores mandantes.

"Como é bom, no futebol, você poder conquistar alguma coisa sem precisar apelar para cusparada, para provocação. Eu fico contente, primeiro com o desempenho da equipe modificada, com garotos e sem entrosamento. Mas também fico contente com uma equipe que fez um grande jogo, que não venceu aqui, mas associados os resultados, o futebol, estamos contentes com a classificação", finalizou.

Agora, o Timão inicia a preparação para enfrentar a Ponte Preta no próximo fim de semana, ainda sem data e horário definidos, pelas quartas de final do Paulistão.

Veja Mais:

  • Corinthians perde para Palmeiras por 1 a 0, no Allianz Parque, e não conquista tetracampeonato do Paulistão

    Jô marca no último lance, mas Corinthians é superado nas penalidades e perde título do Paulistão

    ver detalhes
  • Jô comemora com Everaldo seu gol no duelo com o Palmeiras, pela final do Paulistão

    Fiel distribui notas baixas, mas 'poupa' Cássio e Jô após revés do Corinthians; reserva beira o zero

    ver detalhes
  • Cássio volta a salvar Corinthians com boas defesas durante Dérbi

    Torcida do Corinthians exalta Cássio e Jô, mas lamenta pênaltis desperdiçados; veja repercussão

    ver detalhes
  • Tiago Nunes explicou as escolhas por Michel, Avelar, Cantillo, Sidcley e Jô na cobranças de pênaltis

    Tiago Nunes justifica escolha por batedores na decisão por pênaltis e exalta maturidade dos atletas

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez não demora para se pronunciar após vice-campeonato do Corinthians

    Andrés Sanchez parabeniza Corinthians por entrega na final e diz que 'temporada ainda não acabou'

    ver detalhes
  • Corinthians estreia no Brasileirão na próxima quarta-feira

    O que você espera do Corinthians no Campeonato Brasileiro? Vote em enquete do Meu Timão!

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: