Corinthians vence a Ponte na Arena e segue para a semifinal do Paulistão

Corinthians Corinthians 1 x 0 Ponte Preta Ponte Preta

Paulista 2015

Corinthians vence a Ponte na Arena e segue para a semifinal do Paulistão

Por Meu Timão

Renato Augusto marcou o gol do Corinthians na partida

Renato Augusto marcou o gol do Corinthians na partida

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians entrou em campo na tarde deste sábado para enfrentar a Ponte Preta e saiu classificado. A equipe de Campinas ficou com o segundo lugar no grupo B, chave liderada pelo Timão.

O jogo de tudo ou nada valia a continuidade no Paulista - com vaga na semifinal - e também a sequência invicta do Timão. A equipe entrou em campo sem ter perdido nenhuma partida dos 23 jogos realizados recentemente e prestes a completar um ano sem derrotas na Arena Corinthians (o último - e único - revés em casa aconteceu em 18 de maio, contra o Figueirense).

Com a pressão pelo resultado, o Corinthians ainda precisou lidar com um desfalque de última hora - Guerrero se sentiu mal e segue sob suspeita de dengue. Por esse motivo, Tite precisou mexer na escalação do Timão, escalando a equipe com: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson; Vagner Love.

Com a vantagem da Arena e contando com o torcedor para fazer a diferença - o Corinthians preparou uma festa à altura para partida decisiva. Com fogos de artifícios, fumaça e bandeiras, o clube garantiu o que a torcida vem sido proibida de promover por decisões da PM.

Primeiro tempo decepcionante

O Timão não fez uma boa primeira etapa na partida - a equipe entrou nervosa e demorou para achar seu bom futebol. Especialmente a ausência de Guerrero foi muito sentida no ataque, que teve dificuldade nas chegadas ao gol da Ponte.

A etapa foi bastante faltosa, e as chegadas duras renderam um amarelo para cada lado. O Corinthians chegou com perigo algumas vezes, porém, no final do primeiro tempo sofreu pressão da Ponte. Aos 37 minutos, o time de Campinas ainda teve um gol anulado.

Em termos de estatísticas, a equipe decepcionou e ficou muito atrás: foram menos finalizações (5x8), menos posse de bola (47%) e até menos cruzamentos certos (0x3). A estratégia tática da Ponte foi executada com maestria e prejudicou o sistema corinthiano, que deixou o campo para buscar a reação na segunda etapa.

Reação no segundo tempo

O jogo recomeçou e o torcedor pode ver um Corinthians diferente. Mesmo sem mudanças de jogadores, Tite exerceu seu papel no intervalo e conseguiu corrigir alguns dos problemas da equipe para o segundo tempo.

O Corinthians voltou com mais movimentação e conseguiu atacar mais. E o empenho deu resultado: aos 11 minutos, o gol saiu em jogada de Vágner Love com Renato Augusto. Pressionando a saída de bola da Ponte, a equipe demonstrou seu potencial de reação e finalmente fez uma boa partida.

Aos 26 minutos, Tite fez a primeira mudança na equipe, sacando Love para a entrada de Danilo. Com 40 minutos, o treinador mexeu pela segunda vez, tirando Sheik para a entrada de Mendoza - Emerson saiu de campo com o terceiro amarelo na competição e não jogará a partida da semifinal.

Por fim, Elias, que saiu sentindo a perna, deixou o campo para a entrada de Bruno Henrique por volta dos 43 minutos. A Ponte ainda aumentou a pressão na etapa final da partida, mas o placar continuou 1x0 para o Timão.

Já nas semifinais, o Corinthians agora aguarda o resultado dos próximos jogos para saber quem será seu adversário na sequência.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Ponte Preta

  • 1000 caracteres restantes