Palmeiras, dono da pior campanha entre os quatro classificados, lucrará com a torcida corinthiana

Palmeiras, dono da pior campanha entre os quatro classificados, lucrará com a torcida corinthiana

Por Meu Timão

5.1 mil visualizações 73 comentários Comunicar erro

O último confronto entre Corinthians e Palmeiras foi no Allianz Parque

O último confronto entre Corinthians e Palmeiras foi no Allianz Parque

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Como o característico regulamento do Campeonato Paulista prevê, a renda das partidas de quartas e semifinais devem ser divididas entre os clubes, independente de quem for o mandante. Por isso, no clássico entre Corinthians e Palmeiras do próximo final de semana, o rival deve lucrar graças à bilheteria corinthiana.

Já que o Corinthians possui a melhor campanha geral da competição, conquistou o direito de realizar a partida em casa e, por isso, 90% da arquibancada da Arena será comercializada entre os torcedores alvinegros. O Palmeiras, que apresentou a pior campanha entre os quatro finalistas, será "beneficiado" por esta regra ao enfrentar o time do Parque São Jorge.

Caso o Palmeiras tivesse se classificado na terceira posição, seu adversário final seria o Santos. Assim, a partida seria na Vila Belmiro, onde a casa cheia proporciona renda cinco vezes menor que na Arena Corinthians.

A exemplo das altas rendas já alcançadas pelos jogos na Arena, a última partida contra a Ponte Preta atingiu R$ 2.283.546,00, com aproximadamente 33 mil torcedores. Com isso, mesmo depois do pagamento das despesas, o Palmeiras pode lucrar mais de R$ 1 milhão, sem precisar ter a maioria da torcida presente no estádio.

A partida entre Corinthians e Palmeiras, válida pela semifinal do Estadual, ainda não tem data definida. Entretanto, provavelmente acontecerá neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Mauro Boselli (foto) foi apresentado à Fiel junto com Manoel no último domingo, na Arena

    Boselli e Manoel são inscritos no Paulistão; lista atualizada do Corinthians tem 21 nomes

    ver detalhes
  • Destacando-se no Grêmio, Juninho Capixaba tem contrato até o fim de 2021 com o Corinthians

    Grêmio abre negociação com Corinthians por Juninho Capixaba; pedida é de R$ 5 milhões

    ver detalhes
  • Mauro Boselli foi apresentado à Fiel no intervalo do jogo entre Corinthians e São Caetano

    Boselli telefonou para Carille antes de assinar com Corinthians: 'O que você espera de mim?'

    ver detalhes
  • Goleiro Yago deve reforçar Sub-20 do Corinthians

    Corinthians também negocia com goleiro Yago e deve anunciar dupla da Ponte Preta pós-Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes