Corinthians vende todos os ingressos disponíveis contra San Lorenzo

Corinthians vende todos os ingressos disponíveis contra San Lorenzo

Inaugurada em maio de 2014, o estádio alvinegro irá receber público recorde nesta quinta-feira

Inaugurada em maio de 2014, o estádio alvinegro irá receber público recorde nesta quinta-feira

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

A Arena Corinthians terá lotação máxima nessa quinta-feira, na partida contra o San Lorenzo, pela Copa Libertadores. A Fiel torcida fez bonito e garantiu todos os 39.500 mil ingressos disponíveis para o jogo.

Na manhã dessa quarta-feira, pouco mais de mil ingressos ainda restavam para o confronto. Porém, todos os bilhetes foram vendidos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do clube.

Esse será o recorde de público entre todos as partidas do Timão na Arena. O número baterá o público presente na partida contra o São Paulo, na Libertadores desse ano, quando 38.487 torcedores compareceram ao estádio. Contra o Danubio (URU), no início do mês, por 17 pessoas o recorde não foi batido. Na ocasião, 38.471 pagantes foram ao estádio corinthiano, em Itaquera.

Às 22h, Corinthians e San Lorenzo se enfrentam de olho na próxima fase. Um empate já garante o Timão nas oitavas de final da competição sul-americana. Já o time argentino quer a vitória para sonhar com a classificação.

Veja Mais:

  • Kazim aplicou um belo chapéu em Felipe Melo no clássico

    Corinthians divulga vídeo com belos chapéus de Romero e Kazim no Dérbi; confira

    ver detalhes
  • Sanchez é investigado na operação Lava-Jato

    Odebrecht diz ter pago caixa dois milionário a Andrés Sanchez, segundo jornal

    ver detalhes
  • Equipe superou o erro da arbitragem e venceu clássico com um a menos

    Épico! Histórico! Na raça! Corinthians supera lambança da arbitragem e vence o Dérbi na Arena

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto não relatou seu erro na súmula

    Súmula confirma lambança, mas pode prejudicar ainda mais o Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes