Diretor de marketing explica novidades do Fiel Torcedor

Diretor de marketing explica novidades do Fiel Torcedor

Novo diretor de marketing, Marcelos Passos, falou sobre o FT nessa quinta-feira

Novo diretor de marketing, Marcelos Passos, falou sobre o FT nessa quinta-feira

Foto: Meu Timão

Na tarde dessa quinta-feira, o novo diretor de marketing do Corinthians, Marcelo Passos, divulgou as novas informações sobre o programa Fiel Torcedor. O projeto passou por uma reformulação e ganhou dois novos planos. Além dos três já existes (Minha Vida, Minha História e Meu Amor), foram criados o Minha Paixão e o Minha Nação.

"A coisa mais importante do Fiel Torcedor é que não estamos mudando a estrutura do que está funcionando. Os três planos não mudam nada no jeito que pontuar, por exemplo. O que nós percebemos é uma demanda reprimida nas pontas do plano, para quem não tem o costume de ir aos jogos e um outro que pede uma experiência diferente quando vem ao estádio", explicou o diretor.

Ao contrário do que era esperado, o plano mais barato não atenderá apenas quem mora fora de São Paulo. Os torcedores que moram na capital, mas não costumam ir aos jogos, também poderão aderir ao plano, mas com uma quantidade limitada de ingressos.

"O 'Minha Paixão', plano mais barato, terá a mensalidade de nove reais por mês e uma série de benefícios. Vai ter um cota mínima de ingressos garantidos por mês para que mora em São Paulo e também queira participar, mas ele foi pensando mesmo para quem está em outras cidades", detalhou.

"O valor é de 30 centavos por dia, muito acessível e possibilita mais gente participar do Fiel", completou.

Na outra ponta, o plano mais caro atenderá os torcedores que aderirem as cadeiras cativas da Arena Corinthians - que também estão sendo lançadas em evento fechado para empresários e profissionais de marketing, nessa quinta-feira.

"O mais caro, 'Minha Nação', automaticamente quando uma pessoa compra uma cadeira cativa (PSL), ela vira sócio torcedor", disse.

Os três planos já existentes, apesar de não sofrerem alterações, vão ganhar mais benefícios. "Cada uma das cinco categorias tem determinadas experiências. A categoria mais alta, 'Minha Nação', por exemplo, uma das coisas é um sorteio de 80 sócios torcedores para assistirem o aquecimento do time na sala da Arena. Outra categoria vai ter visita no CT ou fazer ação como a do Elias no 200 jogos"

No treino anterior ao jogo da Ponte, quando o volante completou 200 jogos pelo Corinthians, um sócio torcedor foi ao CT e entregou a camisa número 200 para o jogador. Ele foi escolhido, na ocasião, por também completar 200 jogos como sócio torcedor.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel é aposta do Corinthians para triunfar em território hostil. Vale a aposta?

    Contra o Racing, Corinthians decide classificação às quartas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Mesmo com torcida única, Corinthians ainda não perdeu no Morumbi em 2017

    São Paulo anuncia ingressos esgotados para clássico contra o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Fachada do estádio, no alto, com imagens de ídolos e os anos de glórias

    Estádio do rival do Corinthians cultua e respeita a história de quem fez história pelo clube

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes