Em noite de recorde, Corinthians empata e garante a classificação na Liberta

Corinthians Corinthians 0 x 0 San Lorenzo San Lorenzo

Libertadores 2015

Em noite de recorde, Corinthians empata e garante a classificação na Liberta

Por Meu Timão

Renato Augusto marcou o gol do Corinthians na partida

Renato Augusto marcou o gol do Corinthians na partida

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians recebeu o San Lorenzo em Itaquera na noite desta quinta-feira, pela Copa Libertadores. Em dia de estreia do telão, a Arena viu um público recorde 40.744 pagantes e 41.107 presentes apoiando a equipe.

O segundo jogo entre o Timão e o San Lorenzo teve todos os elementos de um jogo típico da Libertadores: jogadas duras, catimba, chances de gol e uma tensão no ar. A partida marcou inclusive o reencontro entre Emerson Sheik e Matías Caruzzo - o brasileiro e o argentino são velhos conhecidos da competição, quando se desentenderam na final da edição 2012, quando Caruzzo atuava pelo Boca Jrs.

Sem Guerrero, ainda em tratamento após diagnóstico de dengue, e precisando do resultado para continuar 100% na competição, o Corinthians entrou em campo com Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto, Sheik e Love.

Primeiro tempo, tudo igual

O Corinthians teve dificuldade para estabelecer seu ritmo natural de jogo. Com a torcida apoiando intensamente, o primeiro tempo teve desempenho abaixo do esperado, e a partida ficou muito equilibrada.

O San Lorenzo, bem armado no campo defensivo, conseguiu também criar no ataque e chegou a ameaçar o Corinthians. O destaque da partida foi para Renato Augusto, que inspirado, foi quem mais criou chances para o Timão. Já Vagner Love, sentiu a falta de entrosamento entre os titulares e não fez boa partida.

Pressionado, Love cometeu muitos erros em campo, mas recebeu apoio do treinador e dos companheiros. O Corinthians terminou a etapa com o placar em zero a zero.

Segundo tempo com Timão melhor

Para a volta da segunda etapa, o Corinthians se mostrou melhor, com mais volume de jogo e maior poder criativo no ataque. Porém, o San Lorenzo cresceu em agressividade e usou uma estratégia mais faltosa contra o Timão.

Com o nervosismo de Love visível, Tite optou por sacar o jogador aos 15 minutos, abrindo espaço para a entrada de Danilo. O San Lorenzo, porém, estava impecável no sistema defensivo e se fechou ainda mais. Aos 41, Mendoza entrou no lugar de Sheik, mas o placar permaneceu igual.

A equipe argentina se contentou com o empate e segurou como pode o ritmo da partida, sem se expor à riscos desnecessários. Apesar de buscar a vitória, o empate deu ao Corinthians a classificação garantida para a próxima fase, com um jogo de antecedência.

Pela Libertadores, o Corinthians enfrentará ainda o São Paulo, que agora briga com o San Lorenzo pela segunda vaga do grupo liderado pelo Timão. A sequência para a equipe não será fácil, já que o próximo jogo do Corinthians será Palmeiras, pelo Paulista no domingo.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e San Lorenzo

  • 1000 caracteres restantes