Abraçado com Caruzzo, Sheik pede respeito em post no Instagram

Abraçado com Caruzzo, Sheik pede respeito em post no Instagram

Por Meu Timão

Emerson Sheik e Matías Caruzzo

Emerson Sheik e Matías Caruzzo

Foto: Reprodução - Instagram

O fim da polêmica e de uma possível rivalidade entre Sheik e Matías Caruzzo foi dado nessa sexta-feira. Após o confronto entre Corinthians e San Lorenzo e do reencontro entre o atacante e o zagueiro argentino, Emerson fez questão de mostrar que respeita o seu companheiro de profissão.

Pelo Instagram, o atacante do Timão publicou uma nota, ao lado de uma imagem abraçando o adversário, dizendo que o respeito e a ética precisam sempre prevalecer.

Confira a nota de Emerson Sheik

Dentro de campo o adversário tem que ser encarado como tal, com cada um tentando fazer no melhor para sua equipe. Quando o juiz apita o final do jogo, todos somos os mesmos trabalhadores, companheiros de profissão.

O respeito e a ética precisam sempre prevalecer. Na família, entre amigos, no trabalho e, no nosso caso, dentro de campo. Parabéns pra nós...!!! #classificado #Deusnocomando

O que acontece durante os 90 minutos de um jogo, com os embates, eventuais discussões e até brigas precisa e deve ser relevado. O ser humano é maior que tudo isso.

Tolerância é do que precisamos.

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes