Segundo Polícia Civil, facção ordenou chacina na Pavilhão 9

Segundo Polícia Civil, facção ordenou chacina na Pavilhão 9

Por Meu Timão

Polícia Civil continua com investigações sobre chacina na Pavilhão 9

Polícia Civil continua com investigações sobre chacina na Pavilhão 9

Arlindo José Negrão Vaz, delegado responsável pela apuração da chacina na sede da Pavilhão 9, afirmou que disputas envolvendo o tráfico de drogas foram responsáveis por levar uma facção criminosa, atuante dentro dos presídios, a ordenar o crime, que matou oito integrantes de uma das torcidas organizadas do Corinthians na noite do último sábado.

Além disso, o delegado afirmou que o crime foi cometido por três homens, e que dois deles já foram identificados. Assim, a Polícia Civil ressalta que o caso não tem ligação alguma com brigas de torcidas organizadas, apesar do ocorrido ter sido próximo ao clássico contra o Palmeiras.

Entre as vítimas da chacina estavam Ricardo Junior Leonel do Prado, de 34 anos, André Luiz Santos de Oliveira, de 29 anos, Mateus Fonseca de Oliveira, de 19 anos, Jhonatan Fernando Garzillo, de 21 anos, Marco Antônio Corassa Junior, de 19 anos, Mydras Schmidt, de 38 anos, Jonathan Rodrigues do Nascimento, de 21 anos e Fabio Neves Domingos, de 34 anos. Eles estavam na sede da organizada, pintando bandeiras para a partida do domingo quando foram surpreendidos pelos criminosos.

Veja Mais:

  • Romero será um dos titulares na última partida do ano

    Libertadores, vingança e tributo: Corinthians encara Cruzeiro neste domingo

    ver detalhes
  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes