Com período incomum de descanso, Conmebol deve marcar partida do Timão para maio

Com período incomum de descanso, Conmebol deve marcar partida do Timão para maio

Por Meu Timão

Após São Paulo, Corinthians se prepara para Guaraní-PAR

Após São Paulo, Corinthians se prepara para Guaraní-PAR

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians já pediu à Conmebol que a primeira partida realizada contra o Guaraní-PAR, válida pelas oitavas de final da Libertadores, fosse realizada na data mais distante, no caso, em 6 de maio. Uma reunião realizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol deve confirmar o pedido e, provavelmente, as datas serão divulgada ainda nesta quinta-feira.

Os confrontos desta fase da competição ocorrem durante as próximas três semanas. O Corinthians, por sua vez, deseja ter a próxima quarta-feira, 29 de abril, livre. Ainda no aguardo da confirmação, o UOL Esporte apurou que a Emissora Fox Sports, dona dos direitos de transmissão das partidas, já trata como certo que Guaraní-PAR x Corinthians acontecerá somente daqui duas semanas. Assim, o confronto de volta, na Arena Corinthians, aconteceria no dia 13 de maio.

Na expectativa da recuperação do atacante Paolo Guerrero, esse calendário seria perfeito para o Timão, que tem sofrido as consequências de sequências de jogos decisivos e do pouco tempo de descanso do elenco.

O time do Parque São Jorge segue aguardando a afirmação para definir sua programação. Se confirmadas as datas dos próximos confrontos, é possível que a equipe corinthiana receba algumas folgas nesse período.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes