Após denúncia do Meu Timão, uniformes falsos do Corinthians têm venda proibida

Após denúncia do Meu Timão, uniformes falsos do Corinthians têm venda proibida

Por Meu Timão

Uniforme três do Corinthians era pirateado e vendido no AliExpress

Uniforme três do Corinthians era pirateado e vendido no AliExpress

Foto: Reprodução

Após a nossa denúncia dos uniformes falsificados do Corinthians à venda no AliExpress, o site se pronunciou, por meio de assessoria de imprensa e nos informou que o material foi retirado, além do vendedor responsável ter sido banido da plataforma.

As camisas eram vendidas por aproximadamente R$50,00 e até mesmo o novo uniforme três, que ainda nem foi lançado pelo clube, fazia parte da coleção. A camisa laranja, representando os "filhos do terrão", deverá ser lançada no somente no segundo semestre de 2015.

Nesta sexta-feira, quem tentou procurar a camisa do Corinthians no site, deu de cara com um erro 404 no site de compras (página não encontrada).

Confira a nota da assessoria de imprensa

O Grupo Alibaba leva violação de propriedade intelectual muito a sério e sempre busca se aprofundar nos casos de denuncia. Depois de nossa avaliação, o vendedor denunciado pelo site Meu Timão foi banido da plataforma AliExpress por violação de propriedade intelectual. Não toleramos esse tipo de atividade.

O Grupo Alibaba se dedica à luta contra as falsificações, pois a nossa integridade depende da confiança do consumidor. Vamos continuar a trabalhar em nossas políticas e relatórios disciplinares para garantir que esse tipo de vendedor seja removido de nossa plataforma.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes