Jogo que eliminou Corinthians da Copa do Brasil sub-17 tem denúncia de manipulação da súmula

Jogo que eliminou Corinthians da Copa do Brasil sub-17 tem denúncia de manipulação da súmula

Por Meu Timão

35 mil visualizações 78 comentários Comunicar erro

Bilhete entregue ao árbitro Alexandre Vargas após a partida

Bilhete entregue ao árbitro Alexandre Vargas após a partida

Foto: Reprodução

Na noite da última quarta-feira, o Corinthians deu adeus a Copa do Brasil sub-17. A partida decisiva terminou em 1 a 0 para o Flamengo. No confronto, o árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus recebeu um pedido inesperado. Em um pedaço de papel rasgado e amassado, foi entregue nas mãos da arbitragem um apelo de fraude.

O assessor afastado da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), Mário Jorge Marques Guimarães, foi direto e solicitou: "Tira do nº 6 e põe no nº 5. O n° 6 é meu filho". O portal ESPN.com.br teve acesso ao bilhete, que será encaminhado à Comissão de Arbitragem da CBF.

Professor de educação física, Mário atuou durante quase 20 anos no futebol carioca e nacional, quando era assistente da Ferj e da CBF. Seu filho é o jogador Théo, da base do Flamengo. Por ter levado o cartão amarelo nesta partida, está fora da semifinal do campeonato, que será concorrida com o Vitória.

Narrando os fatos na súmula da partida, Alexandre Vargas afirmou que Mário já havia entrado no vestiário, antes do jogo, sem pedir autorização.

"Antes de iniciar a partida, o assessor de arbitragem da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, identificado como senhor Mário Jorge, entrou no vestiário da arbitragem, sem que fosse convidado, e, imediatamente, solicitei que se retirasse do recinto, e ele assim o fez. Porém, após o término da partida, este mesmo senhor entrou novamente no vestiário da arbitragem, sem que fosse convidado e, para a surpresa deste quarteto, solicitou que retirássemos a advertência dada para o atleta de número 6 do CR flamengo, senhor Théo Maia Marques de Oliveira, e colocássemos para o atleta de número 05, senhor Rafael Santos de Sousa, alegando que o atleta advertido fosse seu filho e que estaria suspenso com o cartão recebido", relatou o árbitro.

Veja Mais:

  • Elenco fez trabalhos com bola na manhã desta segunda-feira

    Com ausências no gramado, Corinthians faz penúltimo treino antes de retorno do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians se prepara para o retorno do Brasileirão nesta semana

    Volta dos jogos oficiais, Majestoso, futsal, feminino e mais: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Zagueiro chegou e poucos dias depois fez sua estreia

    Corinthians contrata novo zagueiro para equipe Sub-20; jogador já fez sua estreia

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero reestreia no Brasileiro nesta quarta-feira

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes