Del Nero quer rever cotas de TV para acabar com 'abismo' entre Corinthians e rivais

Del Nero quer rever cotas de TV para acabar com 'abismo' entre Corinthians e rivais

Por Meu Timão

32 mil visualizações 305 comentários Comunicar erro

Marco Polo Del Nero tomou posse no dia 16 de abril

Marco Polo Del Nero tomou posse no dia 16 de abril

Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Há exatos doze dias na presidência da CBF, Marco Polo Del Nero já começa a propor mudanças significativas na gestão do futebol brasileiro. Além da possível modificação no regulamento da Copa do Brasil, como o Meu Timão já informou, o ex-presidente da Federação Paulista de Futebol quer acabar com o 'abismo' existente entre os dois times que mais recebem pelos direitos de transmissão, Corinthians e Flamengo, e rivais da Série A do Brasileirão.

'Eu tenho o interesse de resolver o problema de 18 clubes que sentem uma diferença muito grande em relação ao Flamengo e ao Corinthians', declarou Del Nero, em entrevista ao portal ESPN.com.br. 'Vamos tirar do Flamengo e do Corinthians? Não, não podemos tirar de quem está bem', tranquilizou o dirigente.

Atualmente, a divisão de cotas é a seguinte: cerca de R$ 110 milhões pagos ao Timão e ao clube carioca. Em segundo, aparece o São Paulo, que fatura R$ 30 milhões a menos do que o Alvinegro. Já o Santos recebe pouco mais da metade do que embolsa o clube do Parque São Jorge

'O que nós podemos fazer é buscar aumentar a cota desses 18 clubes. Me preocupa muito (a diferença de verbas). O abismo é muito grande. A gente tem de resolver esse problema', completou o presidente da CBF, acrescentando ainda que não há uma proposta formal de revisão dos valores.

Confira a atual divisão de cotas de TV

De 2012 a 2015

Grupo 1 – Flamengo e Corinthians: R$ 110 milhões
Grupo 2 – São Paulo: R$ 80 milhões
Grupo 3 – Vasco e Palmeiras: R$ 70 milhões
Grupo 4 – Santos: R$ 60 milhões
Grupo 5 – Cruzeiro, Atlético Mineiro, Grêmio, Internacional, Fluminense e Botafogo: R$ 45 milhões
Grupo 6 – Coritiba, Goiás, Sport, Vitória, Bahia e Atlético Paranaense: R$ 27 milhões

De 2016 a 2018

Grupo 1 – Flamengo e Corinthians: R$ 170 milhões
Grupo 2 – São Paulo: R$ 110 milhões
Grupo 3 – Vasco e Palmeiras: R$ 100 milhões
Grupo 4 – Santos: R$ 80 milhões
Grupo 5 – Cruzeiro Atlético Mineiro, Grêmio, Internacional, Fluminense e Botafogo: R$ 60 milhões
Grupo 6 – Coritiba, Goiás, Sport, Vitória, Bahia e Atlético Paranaense: R$ 35 milhões

Fonte: Trivela.uol.com.br

Veja Mais:

  • Jogadores comemoraram o gol de Vital; o camisa 22 foi discreto, em respeito ao ex-clube

    Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o Palmeiras na ida da final do Paulista sub-20

    Com vantagem, Corinthians faz clássico contra Palmeiras pelo título do Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Gol de Mateus Vital garantiu vitória do Corinthians sobre o Vasco

    Rivais diretos perdem, e Corinthians começa 35ª rodada com pé direito; veja classificação

    ver detalhes
  • Roger foi criticado pela torcida após passar em branco no jogo deste sábado

    Torcida elege Vital craque de vitória do Corinthians, mas não perdoa dupla; veja as notas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes