Privilégio do Corinthians em negociação com Guerrero encerra nessa semana

Privilégio do Corinthians em negociação com Guerrero encerra nessa semana

Por Meu Timão

Após 14 dias afastado, Guerrero voltou a treinar

Após 14 dias afastado, Guerrero voltou a treinar

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Por uma questão de justiça e igualdade, antes de mergulhar mais afundo nas negociações com o peruano Paolo Guerrero, sabe-se que o Corinthians deve primeiro quitar as dívidas com os outros jogadores. Entretanto, os prazos estão se encurtando e o contrato do atleta encerra em 15 de julho deste ano.

Todavia, mesmo com praticamente mais três meses restantes de contrato, na última sexta-feira, em coletiva de imprensa após o treino, o atacante mostrou-se tranquilo em relação ao caso e afirmou não ter prazos, deixando nas mãos de seus empresários.

Mesmo assim, o time do Parque São Jorge se apressa para conseguir dinheiro e não correr o risco de perder um de seus melhores jogadores. Nesse meio tempo, os empresários do peruano e a diretoria alvinegra selaram um acordo que estipulava uma data para o clube acertar o contrato com prioridade, caso contrário, o atleta poderia conversar com outras equipes. A data determinada seria esta quinta-feira.

A concorrência internacional já começou a se manifestar, com propostas vindas do Bayer Leverkusen, que enfrentou o Timão na pré-temporada, nos Estados Unidos, Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, Sampdoria e Inter de Milão. Declarando a vontade de permanecer no Timão, no Brasil, sabe-se que Guerrero não vestiria outra camisa.

O superintendente de futebol, Andrés Sanchez, havia prometido que pagaria os direitos de imagem, que envolvem vários nomes do elenco, até o final desta semana. Enfrentando uma missão difícil desde o início do ano, o Corinthians já chegou a oferecer R$ 13 milhões de luvas ao atacante, que manteve seu pedido de R$ 18 milhões, valor considerado inviável pelo clube. Otimista em conseguir arrecadar mais dinheiro nos próximos dias, a diretoria e o departamento de marketing buscam alternativas para que o final dessa novela seja como o esperado pelo clube e pela torcida alvinegra.

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes