Tite revela segredos a pupilo em estágio no Corinthians

Tite revela segredos a pupilo em estágio no Corinthians

Por Meu Timão

Tite e o amigo Gilmar Dal Pozzo no CT do Corinthians

Tite e o amigo Gilmar Dal Pozzo no CT do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Quem esteve no CT Joaquim Grava no final do mês de abril, pode acompanhar uma figura diferente observando os treinamentos do técnico Tite. O treinador Gilmar Dal Pozzo, amigo de Tite há 25 anos, fez um estágio de três dias no Timão e arrancou todos os segredos do comandante alvinegro.

Dal Pozzo se espelhou na reciclagem que Tite fez no último ano e que, até o momento, tem tido efeitos positivos no trabalho do dia a dia do Corinthians.

"O objetivo principal foi buscar o máximo de informações do que ele está usando. Esse modelo de jogo (4-1-4-1) que chamou atenção de todos nós no Brasil. A minha curiosidade de aprender sistema de marcação, de compactação e da variação tática, das triangulações para jogar. Eu achei o que queria", disse, em entrevista ao portal UOL Esporte.

Sem clube desde que foi demitido da Chapecoense no início do Brasileirão do ano passado, Dal Pozzo acredita que conseguiu boas informações justamente por que o amigo Tite não tem o costume de omitir informações.

"Ele fala sempre no merecimento. A equipe que fizer por merecer, se merecer vencer ele, ficará feliz. Jamais ele fecharia as portas para um técnico que quer evoluir e para um amigo", disse.

"Já joguei contra ele duas vezes, ele no Internacional e eu no Veranópolis, e perdi as duas. Quem sabe agora vou ganhar no dia que enfrenta-lo", brincou, ainda sem saber qual será seu futuro no futebol.

O treinador também contou qual foi a sua principal anotação em relação ao que vivenciou ao lado de Tite. "Ele evoluiu em todos os aspectos. Chama a atenção a seriedade do trabalho no dia a dia. É para trabalhar com alegria, mas no momento em que entra em campo para treinar, passa a ter um nível de concentração que não tem mais espaço para brincadeiras. (...) É esse dia a dia que condiciona o desempenho no jogo e o resultado. Uma das minhas principais anotações foi essa", finalizou.

Tite e Gilmar são amigos há 25 anos. Em 1999, quando Gilmar era goleiro do Caxias, time que Tite treinava, ele defendeu um pênalti e deu a vitória ao time. Na ocasião, Tite quebrou os protocolos e invadiu o campo para abraçar o amigo. A amizade é tão grande que o técnico Tite é padrinho de casamento de Dal Pozzo.

Veja Mais:

  • Romero será um dos titulares na última partida do ano

    Libertadores, vingança e tributo: Corinthians encara Cruzeiro neste domingo

    ver detalhes
  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes