Tite revela segredos a pupilo em estágio no Corinthians

3.4 mil visualizações 25 comentários

Por Meu Timão

Tite e o amigo Gilmar Dal Pozzo no CT do Corinthians

Tite e o amigo Gilmar Dal Pozzo no CT do Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Quem esteve no CT Joaquim Grava no final do mês de abril, pode acompanhar uma figura diferente observando os treinamentos do técnico Tite. O treinador Gilmar Dal Pozzo, amigo de Tite há 25 anos, fez um estágio de três dias no Timão e arrancou todos os segredos do comandante alvinegro.

Dal Pozzo se espelhou na reciclagem que Tite fez no último ano e que, até o momento, tem tido efeitos positivos no trabalho do dia a dia do Corinthians.

"O objetivo principal foi buscar o máximo de informações do que ele está usando. Esse modelo de jogo (4-1-4-1) que chamou atenção de todos nós no Brasil. A minha curiosidade de aprender sistema de marcação, de compactação e da variação tática, das triangulações para jogar. Eu achei o que queria", disse, em entrevista ao portal UOL Esporte.

Sem clube desde que foi demitido da Chapecoense no início do Brasileirão do ano passado, Dal Pozzo acredita que conseguiu boas informações justamente por que o amigo Tite não tem o costume de omitir informações.

"Ele fala sempre no merecimento. A equipe que fizer por merecer, se merecer vencer ele, ficará feliz. Jamais ele fecharia as portas para um técnico que quer evoluir e para um amigo", disse.

"Já joguei contra ele duas vezes, ele no Internacional e eu no Veranópolis, e perdi as duas. Quem sabe agora vou ganhar no dia que enfrenta-lo", brincou, ainda sem saber qual será seu futuro no futebol.

O treinador também contou qual foi a sua principal anotação em relação ao que vivenciou ao lado de Tite. "Ele evoluiu em todos os aspectos. Chama a atenção a seriedade do trabalho no dia a dia. É para trabalhar com alegria, mas no momento em que entra em campo para treinar, passa a ter um nível de concentração que não tem mais espaço para brincadeiras. (...) É esse dia a dia que condiciona o desempenho no jogo e o resultado. Uma das minhas principais anotações foi essa", finalizou.

Tite e Gilmar são amigos há 25 anos. Em 1999, quando Gilmar era goleiro do Caxias, time que Tite treinava, ele defendeu um pênalti e deu a vitória ao time. Na ocasião, Tite quebrou os protocolos e invadiu o campo para abraçar o amigo. A amizade é tão grande que o técnico Tite é padrinho de casamento de Dal Pozzo.

Veja Mais:

  • Corinthians perde para Palmeiras por 1 a 0, no Allianz Parque, e não conquista tetracampeonato do Paulistão

    Jô marca no último lance, mas Corinthians é superado nas penalidades e perde título do Paulistão

    ver detalhes
  • Jô comemora com Everaldo seu gol no duelo com o Palmeiras, pela final do Paulistão

    Fiel distribui notas baixas, mas 'poupa' Cássio e Jô após revés do Corinthians; reserva beira o zero

    ver detalhes
  • Cássio volta a salvar Corinthians com boas defesas durante Dérbi

    Torcida do Corinthians exalta Cássio e Jô, mas lamenta pênaltis desperdiçados; veja repercussão

    ver detalhes
  • Tiago Nunes explicou as escolhas por Michel, Avelar, Cantillo, Sidcley e Jô na cobranças de pênaltis

    Tiago Nunes justifica escolha por batedores na decisão por pênaltis e exalta maturidade dos atletas

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez não demora para se pronunciar após vice-campeonato do Corinthians

    Andrés Sanchez parabeniza Corinthians por entrega na final e diz que 'temporada ainda não acabou'

    ver detalhes
  • Corinthians estreia no Brasileirão na próxima quarta-feira

    O que você espera do Corinthians no Campeonato Brasileiro? Vote em enquete do Meu Timão!

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: