Guaraní embarca só no fim da noite e não faz reconhecimento do gramado

Guaraní embarca só no fim da noite e não faz reconhecimento do gramado

Elenco do Guaraní não conseguiu fazer treino de reconhecimento na Arena Corinthians

Elenco do Guaraní não conseguiu fazer treino de reconhecimento na Arena Corinthians

Foto: Site Oficial do Guaraní

Por um problema no avião fretado para a viagem ao Brasil, os jogadores do Guaraní, do Paraguai, não fizeram o reconhecimento do gramado da Arena Corinthians nesta terça-feira. Um treino estava agendado para às 19h30, mas não aconteceu.

A delegação do clube ainda não deixou Assunção, no Paraguai. Segundo informações da assessoria de imprensa do time paraguaio, a equipe deve embarcar em um voo por volta das 00h30 desta quarta-feira (horário de Brasília).

Como de costume, em jogos em países diferentes, as equipes chegam com um ou dois dias de antecedência e fazem um treino de reconhecimento do gramado do estádio em que vai atuar. No caso, o Guaraní irá jogar nessa quarta-feira, às 22h, sem ter pisado antes no gramado da Arena.

Toda a confusão aconteceu, pois a delegação não conseguiu embarcar no voo fretado, que deixaria Assunção às 10h dessa terça. De acordo com o agente de viagem que organizou a viagem da equipe do Guaraní, um problema na documentação da aeronave impossibilitou que a mesma deixasse o Chile rumo ao Paraguai para pegá-los.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes