Tite explica Love e Sheik no banco e alerta: 'Tem de ter cuidado com a base'

Tite explica Love e Sheik no banco e alerta: 'Tem de ter cuidado com a base'

Love e Sheik são banco contra a Chapecoense; Tite explica

Love e Sheik são banco contra a Chapecoense; Tite explica

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Cássio; Edilson, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias, Jadson, Mendoza e Malcom; Guerrero. Essa é a equipe que inicia a partida contra a Chapecoense neste sábado.

Dois dos principais atacantes contratados nessa temporada, estão no banco: Emerson Sheik e Vágner Love. Durante a coletiva de imprensa, o técnico explicou o que levou Love a perder a espaço na equipe e por que escolheu Ángel Romero na partida contra o Guaraní.

"Ele vem jogando, mas na quarta-feira o Romero esteve melhor. Fez gol no domingo, entrou bem, decidiu. Não meço quem é melhor. Meço quem está melhor. Este é o grande desafio do técnico. Não sou de conceituar ninguém, vejo só o momento. O momento do Romero foi melhor. Agora posso ter mais opções. O Love passa por um período de readaptação", explicou.

Sobre Sheik, Tite não gostou de ser questionado. "O Emerson ficou fora do jogo contra o Cruzeiro, mas entrou no segundo tempo. Respondido?", disse.

Sem usar os dois jogadores, mas também sem dar opção para os jogadores da base que subiram para o profissional este ano, o técnico explicou que é preciso ter cuidado com os mais jovens.

"Fui lançado com 17 anos, sei como é, tenho o carinho da garotada. Na primeira passagem pelo Corinthians, lancei uns 14 garotos. Mas temos de ter cuidado para jogar essa responsabilidade no atleta. É Corinthians. O Marcelo Bielsa sempre fala isso: é lançar jogador não para entrar no meu currículo, mas lançar quando estiver pronto", finalizou.

Veja Mais:

  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Com Luan 'impossível', Timão deve voltar ao mercado para analisar outras opções à defesa

    Sem campeão olímpico, Corinthians monitora novas opções para zaga

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes