Ex-presidente do Corinthians defende protestos e manda recado aos insatisfeitos

Ex-presidente do Corinthians defende protestos e manda recado aos insatisfeitos

Por Meu Timão

Andrés Sanchez defendeu manifestações da torcida

Andrés Sanchez defendeu manifestações da torcida

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O ex-presidente e atual superintendente de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez, sempre muito sincero e dono de opiniões polêmicas, além de mostrar sua visão sobre a renovação do atacante Paolo Guerrero, falou sobre a insatisfação do torcedor alvinegro.

Andrés, que foi um dos fundadores da Pavilhão 9, não viu problemas nos protestos que a torcida fez desde a eliminação na Libertadores, na última quarta-feira. A favor das manifestações, afirmou que essa forma de reação é válida e deve existir.

"Sou a favor da cobrança. Não tem que ter agressão ou chamar (o jogador) de mercenário, porque não é justo. Mas não quebraram vidro, sujaram ou amassaram os carros. É direito do cara. Professor vai à rua protestar, por que torcedor não pode?", declarou, em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

No último sábado, cerca de 100 torcedores compareceram ao Parque São Jorge, sede do clube, na zona leste de São Paulo, para queixar-se da diretoria e dos atletas. Mais tarde, esses mesmos torcedores assistiram de perto a vitória do Timão por 1 a 0 sobre a Chapecoense, em Araraquara.

"Só achei errado protestarem no clube no fim de semana. Os sócios não têm nada a ver com isso. Mas foi um protesto pacífico. O ônibus das organizadas estava indo para Araraquara e parou lá. Sempre teve isso no Corinthians. Jogador e diretor que não gostar disso, que vá embora para casa", disse.

"Antigamente, invadiam e quebravam tudo. Mas não fizeram isso. Faz parte do processo. Amanhã, com o time ganhando, vão lá elogiar. Isso aí é paixão", completou.

Após a vitória e a liderança garantida nessa segunda rodada do Campeonato Brasileiro, espera-se que o Corinthians tenha uma semana sem maiores agitações, preparando-se apenas para o próximo confronto. No domingo, o time do Parque São Jorge enfrenta o Fluminense, no Maracanã, às 16h.

Veja Mais:

  • Fora dos planos do Timão, Cristian é alvo do Jorge Wilstermann

    'De canto' no Corinthians, dupla é procurada por clube boliviano que está na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians e Chapecoense dividem liderança da atual edição da Série A

    Chapecoense vence e empata com Corinthians na liderança do Brasileirão; veja a tabela

    ver detalhes
  • Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

    Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno Paulo jogará no Santa Cruz até o final de 2017

    Com apenas um jogo pelo Corinthians, atacante é emprestado até o fim do ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes