Andrés revela que Timão já possui valor da primeira prestação da Arena Corinthians

Andrés revela que Timão já possui valor da primeira prestação da Arena Corinthians

Por Meu Timão

Ex-presidente do Corinthians, Andrés foi um dos responsáveis pela construção do estádio de Itaquera

Ex-presidente do Corinthians, Andrés foi um dos responsáveis pela construção do estádio de Itaquera

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A diretoria do Timão já se prepara para quitar a primeira parcela do financiamento da Arena Corinthians, inaugurada há um ano, junto à Caixa Econômica Federal. Com R$ 100 milhões a vencer em julho, o superintendente de futebol Andrés Sanchez revelou que o clube já possui o valor da parcela, além de todos os Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento (CIDs) já liberados pela Prefeitura de São Paulo.

“Em agosto desse ano começa a primeira prestação, já tem dinheiro para pagar. Agora, temos que trabalhar para se concretizar os naming rights, conseguir revender os CID´s que já foram liberados, aí a parte financeira já se completa. A prefeitura já liberou todos os CID´s, agora é achar os clientes, apesar que tem aquele processo no Ministério Público que atrapalha um pouco. Mas a Odebrecht já está comprando uma parte, outras empresas estão comprando", afirmou Sanchez, em entrevista à Rádio Globo nesta segunda-feira.

Desde a estreia contra o Figueirense, em maio de 2014, toda a arrecadação em jogos do Timão foi contabilizada ao fundo Arena FII, administrado pela Odebrecht e pela Caixa Econômica Federal para o pagamento do estádio.

No último dia 6, o Meu Timão já havia informado a venda de dois CID's à construtora da Arena. Os incentivos fiscais, avaliados em R$ 420 milhões, servirão para quitar parte da Arena Corinthians, avaliada em R$ 1,150 bilhão. Ainda de acordo com o ex-presidente, o clube poderá antecipar o pagamento dos R$ 730 milhões restantes do estádio situado em Itaquera.

“Isso está mantido, pode pagar em seis ou sete anos. Precisa ver se interessa, o Corinthians terá arrecadação para pagar isso. Agora vamos aguardar, porque nós temos 12 anos para pagar, e vai da presidência do clube querer pagar antecipadamente ou não”, explicou Andrés, que reconheceu os atrasos na construção da casa corinthiana, além da incerteza dos direitos de nome do estádio.

“Tem um Corinthians antes da Arena e depois da Arena. É obvio que atrasou a obra um pouco, a gente não vendeu os naming rights ainda, que estão em negociação. Os camarotes, as cadeiras cativas que começaram a alugar agora há 15 dias. Agora, bilheteria de público está excelente e a gente só tem a agradecer à torcida do Corinthians”, completou.

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes
  • Alan Santos tem conversas avançadas com Corinthians

    Corinthians negocia contratação de volante do Coritiba, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes