Dirigente do Goiás critica: 'Se fosse o Roberto sentiria vergonha'

Dirigente do Goiás critica: 'Se fosse o Roberto sentiria vergonha'

Por Meu Timão

Dirigente do Goiás critica presidente Roberto de Andrade por causa de dívidas do Corinthians

Dirigente do Goiás critica presidente Roberto de Andrade por causa de dívidas do Corinthians

Foto: Daneil Augusto Jr/Agência Corinthians

A crise financeira do Corinthians já virou notícia no Brasil todo e agora está sendo comentada até por dirigentes de outros clubes. O presidente do Conselho Deliberativo do Goiás, Hailé Pinheiro, criticou duramente a atual situação do alvinegro e afirmou que sentiria vergonha de aparecer nos jogos, caso fosse o presidente Roberto de Andrade.

" O Goiás é um time modesto, barato, que estamos dando conta de pagar. É melhor estar assim, ser pé no chão, do que ficar devendo sete meses de direitos de imagem para os jogadores, igual o Corinthians, por exemplo", disse Pinheiro, em entrevista à Rádio 730.

"Administrar bem é fazer uma gestão segura, sem jogar para a torcida. Sentiria vergonha se fosse presidente do Corinthians (Roberto de Andrade) e estivesse devendo sete meses aos jogadores. Nem comparecia aos jogos", completou.

O Corinthians enfrenta o o Goiás na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, no dia 5 de julho, no Serra Dourado. A diretoria alvinegra já confirmou o pagamento de parte dos direitos de imagens atrasados e agora trabalha para conseguir outro empréstimo para deixar tudo em dia com os jogadores. É válido lembrar que os salários dos atletas estão todos em dia.

Veja Mais:

  • Corinthians segue líder, mas vê diferença para Grêmio diminuir

    Novidade no G6 e caça ao Corinthians: veja a classificação do Brasileirão após a 15ª rodada

    ver detalhes
  • Arena Corinthians deve receber grande público na partida entre Corinthians e Flamengo

    Corinthians já vendeu 25 mil ingressos uma semana antes de jogo contra Flamengo

    ver detalhes
  • Jadson ficará fora por cerca de um mês

    Elenco do Corinthians oferece oito jogadores para substituir lesionado Jadson

    ver detalhes
  • Fernando César (empresário), Roberto de Andrade, Pablo, Flávio Adauto e Alessandro em reunião

    Corinthians acerta permanência de Pablo; resta acordo com Bordeaux

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes