Após término de prazo para acordo, agentes de Ralf voltam à Justiça

Após término de prazo para acordo, agentes de Ralf voltam à Justiça

Por Meu Timão

Desde 2010 no Corinthians, Ralf participou de grandes conquistas e se tornou ídolo no clube

Desde 2010 no Corinthians, Ralf participou de grandes conquistas e se tornou ídolo no clube

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

A GP Sports Management, representante do volante Ralf, cobra uma dívida do Corinthians de R$ 2,8 milhões há mais de dois anos. Em março, os agentes do jogador pediram interrupção da ação por 30 dias para tentar uma conciliação com o clube. No entanto, o acordo amigável as partes não aconteceu, e empresa optou pelo prosseguimento do processo. A informação é do portal ESPN.

"Ocorre que, ultrapassados o trintídio (prazo combinado), as partes não chegaram aos termos conciliatórios sobre o direito pleiteado na ação. Assim sendo, requer-se o seu prosseguimento, especialmente com o encerramento da instrução processual, julgando-se antecipadamente o feito", afirmaram os representantes do jogador à Justiça.

O entrave entre o staff de Ralf e o Corinthians se iniciou em 2012, após a conquista da Taça Libertadores. Na época, o atleta recebeu uma proposta da Fiorentina (ITA) e, para permanecer no clube, o Timão decidiu comprar parte de seus direitos econômicos. Ao selar o acordo, o Alvinegro se comprometeu a dar uma entrada de 245 mil euros e mais 12 parcelas de 140 mil euros. A partir da oitava parcela, o Corinthians deixou de cumprir o pagamento.

Para se desvencilhar da dívida, o Timão solicitou a audiência à Justiça em fevereiro para exibir documentos que comprovassem que Ralf não recebeu nenhuma proposta.

Além disso, o clube possui atrasos nos pagamentos dos direitos de imagem do atleta. Na última quarta-feira, o volante confirmou que a diretoria quitou parte das pendências. "Eu estava com nove meses de imagem em atraso, aí quitaram cinco meses meus e de alguns outros jogadores. Ainda me devem quatro. Também tem outras pendências que pesam um pouco", contou Ralf.

Nesta manhã, o presidente Roberto de Andrade concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava e falou sobre os principais assuntos desta semana no Timão. Confira.

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes