Sem Sheik e Guerrero, restam apenas cinco campeões mundiais no Corinthians

Sem Sheik e Guerrero, restam apenas cinco campeões mundiais no Corinthians

Apenas cinco campeões mundiais vão permanecer no Corinthians na sequência da temporada

Apenas cinco campeões mundiais vão permanecer no Corinthians na sequência da temporada

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians vai perder, nos próximos meses, dois dos grandes destaques do título do Mundial de Clubes de 2012. Sem Emerson Sheik e Paolo Guerrero, que marcou o gol do título, agora, só sobram cinco jogadores que participaram de uma das conquistas mais importantes da história alvinegra. São eles: Ralf, Danilo, Cássio, Felipe e Fábio Santos. Confira o que aconteceu com os outros campeões mundiais de 2012 que já deixaram o Corinthians.

Julio Cesar (1)

Titular durante a conquista do pentacampeonato Brasileiro, Julio Cesar perdeu a posição no Corinthians após falhar no Paulistão de 2012, dando lugar a Cássio. Depois disso, Julio ficou na reserva nas decisões da Libertadores, no Mundial e continuou no banco durante o ano seguinte. Quase foi para o Vasco em 2013 mas acabou ficando até 2014, quando se transferiu para o Náutico.

Alessandro (2)

O capitão da conquista do Mundial continua no Corinthians. No entanto, não como jogador de futebol. Depois de anunciar sua aposentadoria, em novembro de 2013, o ex-lateral assumiu o cargo de coordenador técnico no Timão.

Chicão (3)

O segundo zagueiro que mais marcou gols com a camisa do Corinthians, disputou 247 jogos pelo Timão. Em agosto de 2012, ele rescindiu com o Corinthians e acertou com o Flamengo, onde ficou até o início deste ano. Atualmente defende o Bahia.

Wallace (4)

O zagueiro, que ganhou a camisa 4 após a saída de Leandro Castán do Timão, perdeu espaço com a chegada de Gil e acertou sua transferência para o Flamengo em janeiro de 2013. Com contrato válido até dezembro de 2018, Wallace é, atualmente, o capitão da equipe carioca.

Martínez (7)

O atacante argentino não permaneceu nem seis meses no elenco do Corinthians. Ele chegou em julho de 2012, ganhou o Mundial de 2012, e, na sequência, em janeiro de 2013, acertou sua transferência para Boca Juniors, onde está até hoje e, que, por vezes, não é nem escalado para o banco de reservas.

Paulinho (8)

Paulinho, que chegou ao clube em 2010, é um dos grandes ídolos da torcida alvinegra. Além da Libertadores e do Mundial de 2012, o volante conquistou o Brasileiro de 2011 e o Paulista e Recopa de 2013. Logo após a última conquista, em julho, o jogador foi vendido ao Tottenham, da Inglaterra por aproximadamente €20 milhões de euros.

Guerrero (9)

Responsável pelo gol contra o Chelsea que garantiu o título Mundial no Japão, o peruano está com os dias contados no Corinthians. O maior artilheiro estrangeiro da história do alvinegro tem contrato até 15 de julho e já anunciou que não irá renovar.

Douglas (10)

O meia, que teve duas passagens pelo Timão, uma em 2008 e a outra em 2012, onde venceu a Libertadores, o MUndial, o Paulista e a Recopa. Um dos que mais "duros" após o título do Japão, Douglas foi emprestado ao Vasco em fevereiro de 2014. No final do ano, acertou, sem custo, com o Grêmio, onde está atualmente.

Emerson Sheik (11)

Se Guerrero foi importante no Mundial, Sheik é considerado o herói da Libertadores. O Corinthians já anunciou que não renovará o contrato do atacante, que termina em 30 de julho. O clube, inclusive, disse que aceita dispensá-lo, sem custos, caso ele acerte com outro time antes do fim do contrato.

Paulo André (13)

Destaque na zaga do Timão, Paulo André chegou a ser eleito o melhor jogador do ano de 2011, após o título do Brasileirão, pela revista Placar. Depois do Mundial, em fevereiro de 2014, o zagueiro se transferiu para o Shanghai Shenhua, da China. Neste ano, acertou com o Cruzeiro.

Anderson Polga (15)

Depois de passar quase toda sua carreira no Sporting, de Portugal, o zagueiro chegou ao Corinthians em 2012 e fez apenas três partidas com a camisa alvinegra. Ele viajou para o Japão com o elenco alvinegro. Com o fim do seu contrato logo após o título, o jogador se aposentou.

William Arão (17)

Depois da conquista do Mundial, que Arão acompanhou do banco de reservas, o volante passeou pelos clubes do Brasil. Foi emprestado para a Portuguesa, para a Chapecoense, para o Atlético-GO e, agora, está no Botafogo, desde o início do ano, onde tem conseguido se destacar e já é titular absoluto da equipe carioca.

Edenilson (21)

Depois da conquista do Mundial em 2012, Edenilson foi vendido para a Udinese, da Itália, em janeiro de 2014, pelo valor de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 11,1 milhões). Sem muito destaque, em julho do mesmo ano, foi emprestado ao Genoa, onde está atualmente.

Danilo Fernandes (22)

Depois de ver Cássio conseguir a posição de Julio César e ser um dos principais destaques do Mundial de Clubes, o goleiro Danilo Fernandes percebeu que teria menos chances no Timão. Em dezembro de 2014, seu contrat com o Corinthians chegou ao fim. Em janeiro de 2015, foi anunciado como reforço do Sport. Na última quarta-feira, ele ganhou sua primeira chance como titular na equipe e foi aprovado.

Jorge Henrique (23)

Um dos jogadores mais polêmicos do elenco, sempre provocando os rivais, Jorge Henrique deixou o Corinthians em junho de 2013, após a conquista do Mundial, para se transferir para o Internacional. O jogador foi vendido por R$ 1,2 milhões ao clube do Sul, onde está até hoje.

Guilherme Andrade (26)

O volante, que também foi banco no mundial, sem muitas oportunidades no Corinthians, foi vendido ao Sport no início deste ano. Porém, após uma lesão no menisco do joelho direito, o clube da Ilha do Retiro devolveu o jogador ao Timão. Desde então, ele treina com o elenco alvinegro, mas não faz parte dos planos do técnico Tite.

Giovanni (29)

O mais jovem do elenco que disputou o Mundial de Clubes, no Japão, Giovanni perdeu espaço no Timão após a chegada de Renato Augusto e Alexandre Pato. Em junho de 2013, foi emprestado a Ponte Preta. Em 2014, foi para a Portuguesa e, neste ano, disputou o Paulista pelo São Bento, de Sorocaba, e agora disputará a Série A pelo Atlético-PR.

Romarinho (31)

Um dos destaques da Copa Libertadores da América, após o Mundial, Romarinho continuou a ganhar a torcida do Timão, principalmente com provocações aos rivais. Porém, em setembro de 2014, ele foi vendido ao Al-Jaish, do Qatar, por 8 milhões de euros (cerca de R$ 24 milhões).

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes