Depois de não do Corinthians, Sheik já tem seis propostas de outros clubes

Depois de não do Corinthians, Sheik já tem seis propostas de outros clubes

Por Meu Timão

70 mil visualizações 157 comentários Comunicar erro

Emerson Sheik já teria seis propostas de clubes brasileiros

Emerson Sheik já teria seis propostas de clubes brasileiros

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Se depender do empresário do atacante Emerson Sheik, ele não ficará um dia sem clubes após o fim do seu vínculo com o Corinthians. Segundo Reinaldo Pitta, assim que o presidente Roberto de Andrade anunciou, nesta sexta-feira, que não renovaria o contrato de Sheik, seu telefone não parou de tocar.

“Já tem seis clubes querendo o Sheik. Arranjo clube para ele da noite para o dia', prometeu o empresário, ao colunista Jorge Nicola.

Com um bom relacionamento com o Timão, Reinaldo Pitta disse entender a decisão da diretoria alvinegra. “Trabalho há 30 anos com o Corinthians. Eles têm todo o direito de tomarem esse caminho. Já o Sheik vai seguir sua história em outro lugar", disse.

O empresário preferiu não revelar os nomes dos clubes interessados, mas deu a entender que o atacante deve permanecer no futebol brasileiro, mesmo que precise, para isso, diminuir o salário. No Corinthians, Sheik ganha R$ 517 mil por mês.

O contrato do atacante com o Timão é válido até 31 de julho, mas o clube já declarou que aceita dispensá-lo antes, caso ele queira assinar com outro clube, sem custos.

Veja Mais:

  • Jonathas passou por ressonância magnética em clínica de São Paulo nesta quinta à tarde

    Jonathas é submetido a exame fora do CT e vira dúvida no Corinthians

    ver detalhes
  • Gustavo Mosquito, de 21 anos, chega ao Corinthians ainda em setembro

    Corinthians já tem data para chegada e destino inicial definidos de atacante do Coritiba

    ver detalhes
  • Jair manteve a formação escolhida no treino desta quarta-feira

    Jair mantém formação do Corinthians sem centroavante e indica equipe para enfrentar o Internacional

    ver detalhes
  • Tite cumprimentou Amarilla em forma de protesto: "Fui cínico"

    De Amarilla a desabafo de Fagner: Timão também foi prejudicado em torneios recentes da Conmebol

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes