Ex-diretor do Timão cobra marketing por despedida de atacantes

Ex-diretor do Timão cobra marketing por despedida de atacantes

Por Meu Timão

Dupla de ataque merece despedida, segundo ex-diretor financeiro do Timão

Dupla de ataque merece despedida, segundo ex-diretor financeiro do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Responsável pelo departamento financeiro do Corinthians nos últimos oito anos, Raul Corrêa acredita que Emerson Sheik e Paolo Guerrero mereçam uma homenagem do clube nos próximos meses. “Espero que o marketing prepare um grande jogo de despedida para esses dois heróis”, cobrou o ex-diretor, em entrevista ao colunista Jorge Nicola.

Braço direito durante as gestões de Andrés Sanchez e Mario Gobbi, o ex-diretor já pensou até em uma sugestão para a partida de despedida da dupla. “Poderia ser o Corinthians de hoje com atletas do passado e do futuro, além de camisetas, TV Globo, 40 mil pessoas na arena e tudo mais que eles merecem", declarou.

Importantes na conquista do Mundial de Clubes de 2012 e grandes ídolos da torcida alvinegra, Guerrero e Sheik não terão seus contratos renovados e deixam o Corinthians até o fim de julho.

A diretoria alvinegra não conseguiu encontrar maneiras de custear a permanência dos dois atletas, principalmente, a de Guerrero, que é o principal jogador do elenco atual do Corinthians. Para Corrêa, a crise tem uma explicação simples.

“O Corinthians investiu R$ 120 milhões em atletas em dois anos. Não tem caixa que resista”, declarou, se referindo as compras de Alexandre Pato, Renato Augusto, Elias e Gil nos últimos anos.

Veja Mais:

  • É clássico! Corinthians enfrenta o São Paulo no Morumbi em mais um desafio pelo Paulista

    É clássico! Corinthians enfrenta o São Paulo no Morumbi em mais um desafio pelo Paulista

    ver detalhes
  • Pedrinho está mantido na equipe para o confronto com o São Paulo

    Corinthians divulga escalação com mudanças para clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Com ídolos como Vampeta e Marcelinho Carioca, Corinthians foi campeão mundial em 2000

    Em parabéns a Vampeta, FIFA reafirma: Mundial de clubes só começou em 2000

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes