Com valorização da base, Timão poderia ter ganho mais de R$ 170 milhões desde 2007

Com valorização da base, Timão poderia ter ganho mais de R$ 170 milhões desde 2007

Por Meu Timão

Só com Marquinhos, o Corinthians deixou de lucrar mais de R$ 88 milhões de reais

Só com Marquinhos, o Corinthians deixou de lucrar mais de R$ 88 milhões de reais

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians quase vendeu o meia Matheus Cassini antes mesmo de ele fazer uma partida pela equipe profissional. A situação revoltou aos torcedores, que, desde 2007, vê o clube se desfazer de grandes promessas da base muito cedo.

Uma projeção realizada pelo jornalista Diego Salgado, do UOL Esporte, deixa essa situação do Timão com a base alvinegra ainda pior. Somente com três atletas - Willian, Everton Ribeiro e Marquinhos - o Corinthians deixou de ganhar um pouco mais de R$ 173 milhões de reais. Os três deixaram o clube mito cedo e hoje, em alta, vão defender a Seleção Brasileira na Copa América, no mês que vem.

Para chegar ao valor, o jornalista calculou os valores recebidos pelo Timão quando realizou as vendas dos atletas e os valores desembolsados por outras equipes que compraram o trio após a valorização dos mesmos.

O primeiro a deixar o clube, de maneira mais barato do que o esperado, foi o Willian. Em agosto de 2007, foi vendido para o ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, pelo valor de R$ 38 milhões, na época (com a inflação, chega a R$ 60,4 milhões). Anos depois, em 2013, Willian foi vendido para o Anzhi-RUS e, na sequência, para o Chelsea, onde está hoje. O clube inglês pago cerca de R$ 118,5 milhões e o Timão ficou com R$ 6,3 milhões da transação.

Em 2011, o Corinthians vendeu o jovem Everton Ribeiro por apenas R$ 1,5 milhão de reais ao Coritiba. Depois, meia foi para o Cruzeiro, onde se destacou e foi comprado, no início deste ano, por R$ 26 milhões pelo Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos.

O caso com maior prejuízo é o mais conhecido também. Em 2012, o zagueiro Marquinhos foi vendido à Roma por R$ 7,5 milhões de reais. Um ano depois, ele foi contrato pelo Paris Saint-Germain por R$ 101 milhões.

Todos os valores foram corrigidos pela inflação do período e já estão descontados a porcentagem que o Corinthians recebeu por ser o clube formador dos três atletas.

Confira os valores das negociações segundo o levantamento

Willian
Agosto/2007 (Corinthians/Shakhtar Donetsk): R$ 38 milhões (R$ 60,4 milhões)
Agosto/2013 (Anzhi/Chelsea): R$ 118,5 milhões (R$ 135,3 milhões)
Corinthians recebeu R$ 6,3 milhões (R$ 7,3 milhões) pelas transferências
Perda: R$ 67,6 milhões

Everton Ribeiro
Fevereiro/2011 (Corinthians/Coritiba): R$ 1,5 milhão (R$ 1,97 milhão) 50%
Janeiro/2015 (Cruzeiro/Al Ahli): R$ 26 milhões (R$ 27,2 milhões) 60%
R$ 22,7 milhões, proporcional aos 50%
Corinthians recebeu 13% do valor: R$ 3,3 milhões (R$ 3,4 milhões)
Perda: R$ 17,3 milhões

Marquinhos
Empréstimo à Roma: R$ 3,7 milhões (R$ 4,5 milhões)
Janeiro/2013 (Corinthians/Roma): R$ 7,5 milhões (R$ 8,8 milhões)
Julho/2013 (Roma/PSG): R$ 101 milhões (R$ 115,4 milhões)
95% = R$ 109,6 milhões
Corinthians recebeu 7,5% do valor: 7,1 milhões (R$ 8,1 milhões)
Perda: R$ 88,2 milhões

Total: R$ 173,1 milhões
*Os valores em negrito são os valores corrigidos

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes