Timão vai apurar ingressos da presidência vendidos por cambista

Timão vai apurar ingressos da presidência vendidos por cambista

O Corinthians vai apurar a informação de que um cambista vendeu ingressos da presidência para a partida contra o Palmeiras, neste domingo. A denúncia foi feita por um torcedor e sócio do Parque São Jorge, Max Anselmo Carvalho, por meio das redes sociais.

De acordo com a publicação feita por Max, um amigo comprou três ingressos para o clássico e pagou R$ 100 reais em cada um, para o setor Oeste Inferior, que custa R$ 250 por meios legais.

Mas, além do preço, o que chamou a atenção do associado foi o nome que constava como cliente dos bilhetes: a presidência do Corinthians. Esses ingressos são doados para os membros da diretoria e são de venda proibida.

"Um amigo comprou de um cambista 03 ingressos para o jogo Corinthians x Palmeiras a R$100,00 cada. Minha indignação deve-se a fato desses ingressos ter como procedência a Presidência do Sport Club Corinthians Paulista. Com as informações de proibida a venda, setor Oeste Inferior no qual o preço é R$250,00 cada. Você que é sócio torcedor ou sócio patrimonial do clube não tem essas regalias. Como esses ingressos chegaram a mãos de cambista? Senhores conselheiros, favor averiguar! Parabéns Renovação & Transparência! Impeachment já!!", escreveu Max.

Em contato com a reportagem, a assessoria de imprensa do Corinthians confirmou que o clube já está apurando a informação.

Veja Mais:

  • Centroavante Jô, 'Rei dos Clássicos', voltou a deixar o dele neste domingo

    Corinthians despacha São Paulo e vai à final do Paulistão contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Rodriguinho completou 100 partidas pelo Corinthians diante do São Paulo

    Rodriguinho responde se Corinthians é favorito ao título diante da Ponte

    ver detalhes
  • Mosaico da torcida antes do Majestoso

    Imagem! Mosaico no setor Leste da Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Uniformes que serão usados na temporada 2017

    Em dia de São Jorge, Corinthians anuncia novos uniformes oficiais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes