Presidente do Vasco não descarta Sheik, mas afirma: 'Hoje não tem nada'

Presidente do Vasco não descarta Sheik, mas afirma: 'Hoje não tem nada'

Por Meu Timão

Eurico Miranda negou negociação por Emerson Sheik no Vasco

Eurico Miranda negou negociação por Emerson Sheik no Vasco

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ainda sem saber o que será do seu futuro, o atacante Emerson Sheik teve seu nome dado como quase certo no Vasco. No entanto, durante a inauguração do novo alojamento das categorias de base do time carioca, o presidente Eurico Miranda negou que exista uma negociação em andamento.

Eurico fez questão de esclarecer que Sheik teria que se enquadrar na situação financeira do clube, que, hoje, tem um teto salarial de R$ 150 mil por mês. No Corinthians, Emerson recebe R$ 517 mil por mês.

"Talvez. Quem sabe? Gosto de todos os jogadores, desde que se enquadrem na situação financeira do Vasco. Na minha opinião, ele teria todas as condições de vir para o Vasco. Mas precisa se enquadrar na questão financeira. É preciso falar com o treinador, ver o que ele pensa. Pode ser. Mas hoje não tem nada, zero mesmo", declarou o presidente, não descartando a possibilidade de uma conversa com o atacante.

"Se eu não souber de uma negociação no Vasco, é porque ela não existe. Hoje a chance é zero, depois pode virar dez. Repito: hoje não tem nada. Mas olha a redundância: pode ser que amanhã elas comecem a começar", afirmou Eurico, deixando no ar uma provável chance de o interesse se confirmar.

Emerson ainda tem contrato com o Corinthians até o dia 31 de julho, mas já sabe que não ficará no clube e está liberado pela diretoria para negociar com outros times.

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes