Sheik quer jogo de despedida e assinaria acordo para isso

Sheik quer jogo de despedida e assinaria acordo para isso

Por Meu Timão

Sheik quer jogo de despedida para a torcida do Corinthians

Sheik quer jogo de despedida para a torcida do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O atacante Emerson Sheik não quer deixar o Corinthians sem um jogo de despedida. Por isso, o jogador vai pedir a diretoria alvinegra para que ele possa jogar contra o Internacional, na Arena Corinthians, no dia 13.

Para que isso aconteça, o atacante disse que aceitaria até assinar um termo que liberasse o clube de qualquer responsabilidade em caso de lesão durante o jogo. As informações foram divulgadas pela repórter Joanna de Assis, durante o programa "Tá na Área", do SporTV.

"Tite deu entrevista dizendo que Sheik não faria jogo de despedida por risco de se machucar. Mas eu conversei com o Sheik e ele disse que está disposto a assinar um termo tirando qualquer responsabilidade do Corinthians se ele se machucar para fazer esse jogo despedida", contou a jornalista.

"A sugestão seria o jogo contra o Internacional. É uma vontade dele, para ele é muito importante fazer essa despedida do Corinthians, que é um time que ele conquistou tanta coisa importante e fez gols históricos. Ele está pensando e vai sugerir isso ao Tite, que também gosta muito dele. Vamos aguardar para ver se ele vai conseguir isso", completou.

O técnico Tite explicou, na tarde desta terça-feira, que não está relacionando o atacante para as partidas por causa do risco de ele sofrer alguma lesão. Caso isso acontecesse, o Corinthians teria que estender seu contrato até o fim do tratamento. Sheik tem vínculo com o Timão até 15 de julho e já foi liberado para negociar com outros clubes.

Veja Mais:

  • Rodriguinho enfrenta o Patriotas na Colômbia; fora Gabriel, Carille promove quatro novidades

    Em treino na Colômbia, Carille define escalação do Corinthians para jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    ver detalhes
  • Romarinho foi protagonista da final da Libertadores há cinco anos

    Viraliza na web versão de gol do Romarinho narrado por Galvão Bueno; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes