Volante reclama de cobranças sobre alto salário: 'Não está no contrato que tenho que ser titular'

Volante reclama de cobranças sobre alto salário: 'Não está no contrato que tenho que ser titular'

32 mil visualizações 145 comentários Comunicar erro

Cristian reclamou sobre cobranças do seu salário e da reserva no Corinthians

Cristian reclamou sobre cobranças do seu salário e da reserva no Corinthians

Foto: Ricardo Taves / Agência Corinthians

Desde que chegou ao Corinthians no início da temporada, o volante Cristian ainda não conseguiu demonstrar o bom futebol que o fez ídolo da torcida alvinegra anos atrás. Além das críticas, a cobrança tem sido dura em cima do salário recebido pelo atleta.

Com um dos recebimentos mais altos do elenco, Cristian ganha, hoje, cerca de R$ 400 mil reais por mês. O volante, no entanto, reclamou das críticas em relação a isso e disse que acredita que vai encontrar seu espaço na equipe.

"Algumas pessoas colocam coisas que não são verdadeiras, que eu tenho salário altíssimo, essas coisas. Parece até que valho aquilo lá. No contrato não está que tenho de ser titular. Todos têm de buscar seu espaço, respeitando os amigos. Quando eu saí, chegaram outros. Agora tenho de buscar espaço, com história no clube ou não", declarou.

O jogador seguiu falando sobre as críticas e disse não concordar que se faça uma avaliação por quanto ele ganha. Segundo Cristian, a cobrança tem que ser feita dentro de campo.

"Comparar salários de jogadores porque um não joga ou outra coisa, não tem nada a ver. No mundo todo é assim. Se você estiver ganhando bem, vou te criticar mais se não estiver fazendo uma matéria legal? O que fazemos dentro de campo não tem a ver com salário. É um pouco injusto, mas respeito e entendo. Se quiser cobrar, tem de cobrar lá no campo", ressaltou.

"Dinheiro não entra em campo, quando colocamos a camisa, queremos os três pontos. Não tem nada a ver", completou.

Ainda sobre dinheiro, o volante falou sobre o momento que vive o Timão. Cinco jogadores seguem com os direitos de imagem atrasados e um deles, o meia Renato Augusto, já declarou que isso atrapalha no rendimento da equipe. Cristian, no entanto, descorda.

"Nem procuro saber sobre esses comentários. Parece que é o fim do mundo, mas não é só o Corinthians que está devendo. Passei por coisas piores na Turquia. A diretoria está correndo atrás para pagar. Nenhum jogador fica pensando nisso. Eu, particularmente, nem penso nisso de atraso", finalizou.

Veja Mais:

  • Corinthians de Ralf já respira mais tranquilo na luta contra a parte de baixo da classificação

    Jogos de domingo chegam ao fim, e Corinthians dobra distância para o Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ándrés Sanchez aparece do lado do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, e Ronaldo

    Presidente do Corinthians se reúne com presidente do Real Madrid em passagem pela Espanha

    ver detalhes
  • Avelar teve atuação contestada pela torcida após jogo desse sábado contra o Vasco

    Avelar admite queda de rendimento, lista possíveis motivos e diz que pode melhorar no Corinthians

    ver detalhes
  • Árbitro Wilton Pereira Sampaio foi bastante requisitado no tenso duelo entre Corinthians e Vasco

    Árbitro relata em súmula tentativa vascaína de intimidação na Arena Corinthians; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes