Guerrero e Sheik integram lista histórica de ex-corinthianos contratados pelo Flamengo

Guerrero e Sheik integram lista histórica de ex-corinthianos contratados pelo Flamengo

Por Meu Timão

Em maio, o Corinthians acertou a rescisão contratual de sua dupla de ataque titular deste primeiro semestre. Multicampeões, Paolo Guerrero e Emerson Sheik deram adeus ao clube paulista e, em pouco tempo, definiram seu futuro: os dois irão atuar pelo Flamengo, rival carioca acostumado a se reforçar com ex-corinthianos.

Mas a dupla não foi a única - o time carioca está sempre acompanhando o Timão, e tem tradição em levar para a Gávea nomes do Parque São Jorge. De treinadores à goleiros e atacantes, a lista é extensa - e rendeu o apelido de "filial corinthiana" para o Flamengo.

A ponte aérea entre as duas equipes inclui também nomes que vieram de lá - alguns dos craques eternizados no Corinthians, como Domingos da Guia, Cristian e Marcelinho Carioca, por exemplo, são crias da base do Flamengo - e alguns arrependimentos, como Maldonado, Ibson, Souza e Adriano. No elenco atual, além do próprio Cristian, Vagner Love e Renato Augusto passaram antes pelo Rio.

Confira a lista de ex-corinthianos contratados pelo Flamengo

Sócrates

O Eterno Doutor foi um dos principais ídolos da história do Timão. Principal articulador da "Democracia Corinthiana", movimento que defendia maior envolvimento dos atletas na política do clube, Sócrates deixou o clube paulista em 1984. Após uma breve passagem pela Fiorentina (ITA), foi contratado pelo Flamengo.

Edílson

Apelidado de "Capetinha", Edílson era conhecido por seus dribles e belos gols. Pelo Timão, o atacante foi bicampeão Brasileiro (1998 e 1999), campeão Paulista (1999) e campeão Mundial (2000). No fim da temporada, acertou com o Flamengo.

Wallace

Campeão Mundial pelo Alvinegro em 2012, Wallace nunca conseguiu demonstrar um futebol que o rendesse uma vaga no time titular. Com a chegada de novos atletas, o beque rescindiu seu vínculo com o Timão e assinou com o rival carioca no ano seguinte. Atualmente, ele é o capitão da equipe.

André Santos

O lateral-esquerdo chegou ao Corinthians em 2008. Com a boa campanha no Brasileirão, André ajudou o time de Mano Menezes a faturar o Paulistão e a Copa do Brasil no ano seguinte. Contratado pelo Fenerbahçe (TUR), voltou ao Brasil em 2013, para o Grêmio. Depois, acabou contratado pelo Flamengo.

Felipe

Contratado em 2007, Felipe atuou em boa parte dos jogos da ruim campanha do Corinthians no Brasileirão. Dois anos depois, o goleiro se reergueu ao levantar as taças do Estadual e da Copa do Brasil junto a André Santos. Acertou sua saída para o Braga (POR), onde não se destacou e acabou emprestado ao time da Gávea.

Roger

Em 2005, o meia-atacante chegou ao Corinthians e foi importante na conquista do título brasileiro. Eleito o melhor meia-esquerda da competição, se envolveu em polêmicas e acabou emprestado ao Flamengo.

Chicão

A lista de títulos conquistados por Chicão com o manto alvinegro é extensa. O xerife embolsou dois Estaduais (2009 e 2013), uma Copa do Brasil (2009), um Brasileirão (2011), uma Libertadores e um Mundial de Clubes (2012) e, por fim, uma Recopa Sul-Americana (2013). Com o fim de seu ciclo no Corinthians, acertou sua ida para o rival carioca.

Liedson

Em 2003, o "Levezinho" foi contratado pelo Corinthians após uma boa passagem pelo Flamengo. Em pouco mais de seis meses, o atacante teve atuação decisiva na campanha do Paulista. Após anos na Europa, Liedson retornou ao Timão e venceu o Brasileirão (2011) e a Libertadores (2012). Por questões salariais, não renovou seu contrato e voltou ao clube do Rio de Janeiro.

Elias

Corinthiano desde a infância, Elias virou ídolo em sua primeira passagem pelo time do Parque São Jorge. Conquistou os dois títulos de 2009 e, dois anos depois, se transferiu para o Atlético de Madrid. Fora dos planos do clube espanhol, o volante acabou cedido ao Sporting (POR), onde mais tarde seria emprestado ao Flamengo.

Guerrero

O atacante peruano colocou seu nome na história do Corinthians ao marcar os dois gols no Mundial de Clubes, no Japão. Decisivo, o camisa 9 se tornou mais um ídolo do Timão. Em 2015, com o fim próximo de seu contrato, acertou a rescisão de seu vínculo e, posteriormente, assinou com o rival da Gávea.

Sheik

Emerson Sheik foi um dos grandes nomes do Timão na campanha vitoriosa da Taça Libertadores, em 2012. Entrou para a história na decisão do torneio, quando marcou dois gols na vitória sobre o Boca Juniors (ARG) em pleno Pacaembu. Polêmico, o atacante não teve seu contrato renovado e assinou com o Flamengo.

Mano Menezes

O treinador ficou tão reconhecido pelo seu trabalho no Corinthians que acabou deixando o clube rumo à seleção brasileira. Após a demissão pela CBF, o clube que procurou por Mano foi exatamente o Flamengo. Pouco tempo depois de assumir a equipe, porém, o técnico entregou o cargo - ao que se especula, já com o acerto de seu retorno ao Timão.

Veja Mais:

  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes
  • Jô está de férias e só volta ao CT Joaquim Grava em janeiro

    Jô é liberado pelo Corinthians para férias e não aparece no CT nesta sexta

    ver detalhes
  • Corinthians fará sua terceira participação na Florida Cup

    Participante desde primeira edição, Corinthians tem benefício financeiro na Florida Cup

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes