Com alta pedida por Sánchez, Timão usa estrutura para incentivar meia

Com alta pedida por Sánchez, Timão usa estrutura para incentivar meia

Por Meu Timão

Timão faz de tudo para tirar Carlos Sánchez do River Plate

Timão faz de tudo para tirar Carlos Sánchez do River Plate

Foto: Divulgação

Após o Corinthians demonstrar interesse e estudar a contratação de três atletas do River Plate (o atacante Téo Gutiérrez e os meias Carlos Sanchéz e Ariel Rojas), o presidente, Roberto de Andrade, afirmou que as possíveis negociações só devem acontecer depois da Copa América.

No caso do meia uruguaio Carlos Sanchéz, a cúpula alvinegra deve utilizar da estrutura do clube para tentar enternecer e persuadir os representantes do jogador, que já chegaram a pedir US$ 3,5 milhões (R$ 10,9 milhões na cotação atual) para liberá-lo imediatamente. O Corinthians, que passa por dificuldades financeiras, descartou a proposta e ofereceu US$ 1 milhão (R$ 3,1 milhões).

Para impressionar, Edu Gaspar, gerente de futebol do clube do Parque São Jorge, convidou Nelson Orrico, empresário responsável pela carreira de Sánchez, para conhecer a estrutura do CT Dr. Joaquim Grava e da Arena Corinthians.

"Edu Gaspar me ligou algumas vezes para eu ir ao Brasil conhecer o clube. Estamos muito contentes com o interesse do Corinthians, um clube enorme do futebol mundial. O jogador se sente lisonjeado com essa possibilidade, mas agora está focado na Copa América com a seleção uruguaia", revelou Orrico em entrevista ao GloboEsporte.com.

Segundo o próprio agente, o vínculo do meia com o clube argentino dura até o final de 2015. Assim, seria possível assinar um pré-contrato no início de julho para se transferir gratuitamente em janeiro de 2016.

Enquanto as negociações não se concluem, o Timão segue em busca de mais opções no mercado, com a urgência para contratar um meio-campista que atue pelo lado direito, assim como Jadson.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes