Mesmo com concorrência, Jadson torce para chegada de Sánchez

Mesmo com concorrência, Jadson torce para chegada de Sánchez

3.2 mil visualizações 31 comentários Comunicar erro

Jadson torce para chegada de Sanchéz e vê briga saudável por posição

Jadson torce para chegada de Sanchéz e vê briga saudável por posição

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians está se reforçando e uma das opções é o meia Carlos Sánchez. Por isso, era de se esperar que Jadson, titular da posição, ficasse incomodado com a provável nova concorrência. Pelo contrário. O camisa 10 acredita que uma briga no meio de campo pode ser saudável e torce para a chegada do jogador do River Plate.

"Se o Corinthians está atrás de jogadores de qualidade, serão sempre bem-vindos. Nossa equipe precisa de jogadores assim para aumentar a concorrência e brigar em alto nível. Tomara que dê certo e ele possa ajudar nossa equipe no Brasileiro", declarou, em coletiva na manhã dessa terça-feira.

o Corinthians mudou até a estratégia para trazer Sanchéz. O jogador foi convidado para conhecer a estrutura do clube e da Arena, na tentativa de persuadir os representantes para uma liberação imediata.

A chegada de um novo meia no elenco, pode fortalecer ainda mais a equipe que vem de destacando pela força no meio de campo. Nos últimos jogos, as boas atuações de Renato Augusto e Jadson foram fundamentais para os resultados em campo.

"Nossa equipe sabia da importância das vitórias, o grupo todo tem feito o que o Tite pediu. O Renato Augusto vive uma grande fase, pensa no meio-campo, estamos bem entrosados. Isso tem ajudado. Vamos continuar nessa pegada para conseguir pontos e brigar pelas primeiras posições", explicou Jadson.

Novamente em boa fase, após marcar um golaço de falta na vitória contra o Internacional, que chegou até a ganhar destaque na imprensa européia, o meia relembra que quase deixou o Corinthians por uma proposta do futebol chinês.

"Valeu a pena ter ficado. Com certeza. Quando apareceu a proposta, nossa equipe vivia um bom momento e optei por ficar. Minha vontade é de ganhar títulos aqui no Corinthians. O grupo é muito bom de trabalhar, a torcida é maravilhosa. Quando o ambiente está bom, não tem clube melhor. Nunca me arrependi das minhas decisões. Estou muito feliz!", finalizou.

Veja Mais:

  • Mariana voltou a frequentar a Arena Corinthians em meio ao tratamento

    Torcedora se reaproxima do Corinthians para tratar doença e afastar pensamentos suicidas

    ver detalhes
  • Corinthians só precisa de um empate ou uma vitória simples para se classificar

    Corinthians recebe Ponte Preta por vaga na semifinal do Brasileiro Feminino; entrada é gratuita

    ver detalhes
  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes