No auge, Tévez deve voltar à América por salário menor que Guerrero pediu ao Timão

No auge, Tévez deve voltar à América por salário menor que Guerrero pediu ao Timão

Por Meu Timão

Tevez custará menos ao Boca do que Guerrero custaria ao Corinthians

Tevez custará menos ao Boca do que Guerrero custaria ao Corinthians

Foto: Reprodução

Se a notícia do retorno de Carlos Tévez ao Boca Juniors for confirmada após a Copa América, a negociação mostrará como a pedida de Paolo Guerrero ao Corinthians não estava dentro da realidade do clube.

No auge da carreira, depois de disputar uma final de Champions League, ganhar o campeonato Italiano com a Juventus, o atacante deve assinar com o Boca Juniors por três anos e ganhar cerca de R$ 5 milhões apenas com salários.

Se comparado ao valor pedido por Paolo Guerrero ao Corinthians, a diferença é visível. Tévez será muito mais barato para o time argentino do que o peruano seria para o Timão, se tivesse renovado o seu contrato.

Além dos R$ 13 milhões de luvas parceladas pedidas pelo jogador, o Corinthians desembolsaria cerca de R$ 6 milhões por ano com os salários de Guerrero. Sendo assim, o Boca teria um gasto de R$ 1 milhão a menos por Tévez do que o Timão teria por Guerrero - fora, claro, o valor das luvas, que não é cobrado pelo argentino.

O retorno de Carlitos Tévez, ídolo da torcida corinthiana, foi discutido pela diretoria no ano passado, mas as negociações não avançaram. Mesmo em alta na Juventus, o argentino deve retornar ao futebol da América do Sul, logo após a Copa América, onde está defendendo a seleção do seu país.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes