Corinthians e Dentinho aguardam resposta do Shakhtar para oficializar empréstimo

Corinthians e Dentinho aguardam resposta do Shakhtar para oficializar empréstimo

Artilheiro do século, Dentinho está muito próximo de reforçar o Corinthians

Artilheiro do século, Dentinho está muito próximo de reforçar o Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians está muito próximo de anunciar um reforço para o ataque. Depois do pedido de Dentinho para voltar, as negociações avançaram e a expectativa da diretoria é anunciar o atacante ainda essa semana.

Dentinho e o clube aguardam apenas uma resposta do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, para concretizar a negociação. O jogador, que deixou claro que não gostaria de permanecer no atual clube na próxima temporada, ajudou a conduzir a liberação com os ucranianos.

As conversas entre o Timão e o jogador, de 26 anos, iniciaram na semana passada, quando Dentinho aproveitou as férias para visitar o CT Joaquim Grava e os ex-companheiros de clube. Na ocasião, manifestou o interesse em retornar ao Timão e recebeu a aprovação do presidente Roberto de Andrade.

De início, os valores chegaram a assustar a diretoria alvinegra. Porém, Dentinho aceitou reduzir os ganhos e se encaixar na realidade do Corinthians. O clube ainda passa por uma grave crise financeira e, no momento, corta gastos, como as rescisões de Emerson Sheik e Paolo Guerrero e a provável liberação de Fábio Santos para o futebol mexicano.

Dentinho se encaixa no perfil de atacante de velocidade que o técnico Tite quer após a saída de Sheik. No atual elenco, as opções são Mendoza e Malcom, que ainda não conseguiram se firmar como titulares deixando a vaga em aberto.

Se as expectativas da diretoria se confirmarem, o torcedor alvinegro poderá comemorar o retorno do artilheiro do século do Corinthians. Com 56 gols marcados, ninguém marcou mais que ele nos últimos anos. Revelado nas categorias de base do Timão, o atacante foi campeão do Paulista, da Série B do Brasileiro e da Copa do Brasil, em 2009. Deixou o Corinthians dois anos depois, quando o Shakhtar Donetsk pagou € 7,5 milhões (R$ 17,1 milhões na época) por ele.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes