Com saída de Fábio Santos, restam apenas quatro campeões mundiais no Corinthians

Com saída de Fábio Santos, restam apenas quatro campeões mundiais no Corinthians

Por Meu Timão

Se o lateral deixar o clube, restarão somente quatro campeões mundiais

Se o lateral deixar o clube, restarão somente quatro campeões mundiais

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Reformulação é a palavra que marca a fase atual do Corinthians, que não poupa nem aqueles que vestiram o manto alvinegro durante uma das conquistas mais importantes do time, o Mundial de Clubes de 2012.

Depois da saída de Emerson Sheik e Paolo Guerrero, ambos contratados pelo Flamengo, é a vez de Fábio Santos dizer adeus ao clube do Parque São Jorge. Com a possibilidade de não ter o seu contrato com o Corinthians, que duraria até dezembro deste ano, renovado, o lateral-esquerdo oficializou sua transferência para o Cruz Azul, do México.

Assim, como remanescentes do elenco campeão do Mundial, só restariam Ralf, Danilo, Cássio e Felipe. O zagueiro Felipe, que ainda não era titular na época, perdeu sua titularidade, conquistada com o técnico Tite no início deste ano, para Edu Dracena. Já Ralf e Danilo, que veem seus contratos chegando ao fim, têm seus nomes sondados por outros clubes. Assim, o goleiro Cássio seria o último campeão que realmente entrou em campo como titular na competição.

Confira o que aconteceu com os outros campeões que já deixaram o Corinthians

Julio Cesar (1)

Titular durante a conquista do pentacampeonato Brasileiro, Julio Cesar perdeu a posição no Corinthians após falhar no Paulistão de 2012, dando lugar a Cássio. Depois disso, Julio ficou na reserva nas decisões da Libertadores, no Mundial e continuou no banco durante o ano seguinte. Quase foi para o Vasco em 2013 mas acabou ficando até 2014, quando se transferiu para o Náutico.

Alessandro (2)

O capitão da conquista do Mundial continua no Corinthians. No entanto, não como jogador de futebol. Depois de anunciar sua aposentadoria, em novembro de 2013, o ex-lateral assumiu o cargo de coordenador técnico no Timão.

Chicão (3)

O segundo zagueiro que mais marcou gols com a camisa do Corinthians, disputou 247 jogos pelo Timão. Em agosto de 2012, ele rescindiu com o Corinthians, passou por Flamengo e Bahia, time no qual acertou uma rescisão amigável. Atualmente, segue livre no mercado.

Wallace (4)

O zagueiro, que ganhou a camisa 4 após a saída de Leandro Castán do Timão, perdeu espaço com a chegada de Gil e acertou sua transferência para o Flamengo em janeiro de 2013. Com contrato válido até dezembro de 2018, Wallace é, atualmente, o capitão da equipe carioca.

Fábio Santos (6)

O lateral, no Corinthians desde 2011, participou das principais conquistas da equipe, mas com seu alto salário e as pequenas chances de renovação de seu contrato, que acabaria em dezembro de 2015, sua transferência para o Cruz Azul (MEX) foi confirmada.

Martínez (7)

O atacante argentino não permaneceu nem seis meses no elenco do Corinthians. Ele chegou em julho de 2012, ganhou o Mundial de 2012, e, na sequência, em janeiro de 2013, acertou sua transferência para Boca Juniors. Porém, o jogador foi dispensado da equipe argentina.

Paulinho (8)

Paulinho, que chegou ao clube em 2010, é um dos grandes ídolos da torcida alvinegra. Além da Libertadores e do Mundial de 2012, o volante conquistou o Brasileiro de 2011 e o Paulista e Recopa de 2013. Logo após a última conquista, em julho, o jogador foi vendido ao Tottenham, da Inglaterra por aproximadamente €20 milhões de euros. No entanto, sua volta ao Brasil é sempre especulada.

Guerrero (9)

Responsável pelo gol contra o Chelsea que garantiu o título Mundial no Japão, o maior artilheiro estrangeiro da história do alvinegro viu seu contrato chegar ao fim sem possibilidade de renovação e, assim, passou a defender o Flamengo.

Douglas (10)

O meia, que teve duas passagens pelo Timão, uma em 2008 e a outra em 2012, onde venceu a Libertadores, o MUndial, o Paulista e a Recopa. Um dos que mais "duros" após o título do Japão, Douglas foi emprestado ao Vasco em fevereiro de 2014. No final do ano, acertou, sem custo, com o Grêmio, onde é o camisa 10 atualmente.

Emerson Sheik (11)

Se Guerrero foi importante no Mundial, Sheik é considerado o herói da Libertadores. Atualmente, rescindiu seu contrato com o Corinthians de forma antecipada, foi homenageado pelo clube e só então, assinou com o Flamengo.

Paulo André (13)

Destaque na zaga do Timão, Paulo André chegou a ser eleito o melhor jogador do ano de 2011, após o título do Brasileirão, pela revista Placar. Depois do Mundial, em fevereiro de 2014, o zagueiro se transferiu para o Shanghai Shenhua, da China. Neste ano, defende as cores do Cruzeiro.

Anderson Polga (15)

Depois de passar quase toda sua carreira no Sporting, de Portugal, o zagueiro chegou ao Corinthians em 2012 e fez apenas três partidas com a camisa alvinegra. Ele viajou para o Japão com o elenco alvinegro. Com o fim do seu contrato logo após o título, o jogador se aposentou.

William Arão (17)

Depois da conquista do Mundial, que Arão acompanhou do banco de reservas, o volante passeou pelos clubes do Brasil. Foi emprestado para a Portuguesa, para a Chapecoense, para o Atlético-GO e, agora, está no Botafogo, desde o início do ano, onde tem conseguido se destacar e já é titular absoluto da equipe carioca.

Edenílson (21)

Depois da conquista do Mundial em 2012, Edenilson foi vendido para a Udinese, da Itália, em janeiro de 2014, pelo valor de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 11,1 milhões). Sem muito destaque, em julho do mesmo ano, foi emprestado ao Genoa, onde está atualmente.

Danilo Fernandes (22)

Depois de ver Cássio conseguir a posição de Julio César e ser um dos principais destaques do Mundial de Clubes, o goleiro Danilo Fernandes percebeu que teria menos chances no Timão. Em dezembro de 2014, seu contrato com o Corinthians chegou ao fim. Em janeiro de 2015, foi anunciado como reforço do Sport, onde tem ocupado a posição titular depois que Magrão se contundiu.

Jorge Henrique (23)

Um dos jogadores mais polêmicos do elenco, sempre provocando os rivais, Jorge Henrique deixou o Corinthians em junho de 2013, após a conquista do Mundial, para se transferir para o Internacional. O jogador foi vendido por R$ 1,2 milhões ao clube do Sul, onde está até hoje.

Guilherme Andrade (26)

O volante, que também foi banco no mundial, sem muitas oportunidades no Corinthians, foi emprestado ao Sport no início deste ano. Porém, após uma lesão no menisco do joelho direito, o clube da Ilha do Retiro devolveu o jogador ao Timão. Desde então, ele treina com o elenco alvinegro, mas não faz parte dos planos do técnico Tite.

Giovanni (29)

O mais jovem do elenco que disputou o Mundial de Clubes, no Japão, Giovanni perdeu espaço no Timão após a chegada de Renato Augusto e Alexandre Pato. Em junho de 2013, foi emprestado a Ponte Preta. Em 2014, foi para a Portuguesa e, neste ano, disputou o Paulista pelo São Bento, de Sorocaba, e agora disputará a Série A pelo Atlético-PR.

Romarinho (31)

Um dos destaques da Copa Libertadores da América, após o Mundial, Romarinho continuou a ganhar a torcida do Timão, principalmente com provocações aos rivais. Porém, em setembro de 2014, ele foi vendido ao Al-Jaish, do Qatar, por 8 milhões de euros (cerca de R$ 24 milhões).

Veja Mais:

  • Alan Mineiro gostaria de permanecer no Corinthians, mas não está nos planos do clube

    Alan Mineiro deve ser vendido pelo Corinthians e disputar a Série B em 2017

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes
  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes