Em partida lamentável, Corinthians perde o segundo clássico no Brasileirão

12 mil visualizações 345 comentários

Por Meu Timão

Corinthians não consegue vencer o Santos na Vila Belmiro

Corinthians não consegue vencer o Santos na Vila Belmiro

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Santos 1 X 0 Corinthians

Brasileirão 2015
20 de junho de 2015, 16:20
Santos 1 x 0 Corinthians
Vila Belmiro

Na tarde deste sábado, o Corinthians desceu a serra e foi até a Vila Belmiro encarar o Santos, pela oitava rodada do Brasileirão. Embalado pelas duas últimas vitórias contra Internacional e Joinville, a equipe do técnico Tite buscava os três pontos fora de casa para se firmar de vez no G4, grupo que dá acesso à próxima edição da Taça Libertadores.

Para o clássico, o técnico Tite promoveu três importantes mudanças na equipe titular - saíram Fábio Santos, Cristian e Romero para as entradas de Uendel, Ralf e Vagner Love. No tradicional 4-1-4-1, o Timão entrou em campo com: Cássio; Fagner, Gil, Edu Dracena e Uendel; Ralf; Petros, Renato Augusto, Jadson e Mendoza; Vagner Love.

Por outro lado, o Santos precisava de um bom resultado diante de sua torcida para espantar a crise e deixar a zona de rebaixamento. Para isso, o assistente Serginho Chulapa definiu a seguinte escalação: Vladimir; Daniel Guedes, Werley, David Braz e Victor Ferraz; Lucas Otávio, Rafael Longuine e Marquinhos Gabriel; Geuvânio, Gabriel e Ricardo Oliveira.

Santos na frente

O clássico começou bem disputado entre as duas equipes. Jadson e Renato Augusto eram os responsáveis por armar as jogadas do Timão, que marcava forte a saída de bola rival. O time mandante, por sua vez, articulava suas principais descidas ao ataque com o lateral-esquerdo Victor Ferraz - e foi pelo setor dele que o Santos abriu o placar.

Aos nove minutos, o meio-campista Rafael Longuine lançou Ricardo Oliveira na área. Livre, o atacante avançou pela ponta esquerda e bateu cruzado à meta de Cássio, que não conseguiu evitar o tento. Na frente, o rival praiano passou a dominar a partida e anular as principais saídas de bola do time do Parque São Jorge.

Substituto de Romero, Vagner Love buscava receber a bola centralizado no campo de ataque. Já Renato Augusto tinha a função de sair com a bola na intermediária auxiliado por Petros, que avançava pela direita. Mas o posicionamento definido pelo técnico Tite não criava oportunidades claras de gol para o Corinthians.

Aos 32 min, uma boa jogada do Timão. Petros recebeu na ponta direita e cruzou para o meio da área. Na velocidade, Vagner Love antecipou a zaga adversária e deu um carrinho para finalizar. Por pouco, o novo camisa 9 não empatou o duelo na Vila Belmiro. Com pouca criação das duas equipes, a primeira etapa terminou com a vitória temporária do time mandante por 1 a 0.

Ataque pouco efetivo

Sem alterações, o Corinthians voltou para o segundo tempo e passou a trocar mais passes no campo de ataque. Atrás do placar, Tite posicionou sua defesa mais à frente e cedeu o contra-ataque ao Santos. Em velocidade pela ponta direita, Gabriel marcou para o rival praiano. O atacante, no entanto, estava impedido e teve seu gol anulado.

Aos 13 min, o Timão realizou sua primeira mudança. O meio-campista Petros foi sacado para a entrada do atacante Luciano, que teria a função de dar mais poder ofensivo ao time do Parque São Jorge. Algumas falhas individuais, porém, faziam com que o futebol apresentado pelo Corinthians não resultasse em boas oportunidades de gol.

Responsável por armar as jogadas, Jadson buscava a bola no campo de defesa e era pouco efetivo. Aos 24 min, Rafael Longuine derrubou Luciano na direita e, como estava pendurado, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um a mais, Tite optou pela entrada do meia Danilo no lugar do zagueiro Edu Dracena.

Mas, no lance seguinte, Fagner derrubou o atacante Berola, que partia para o contra-ataque. O lateral recebeu mais um amarelo e também deixou o campo mais cedo. O Corinthians tentava trabalhar a posse de bola, mas pecava no último passe. A última alternativa de Tite foi cobrir o lado direito da equipe.

Ruim no embate, Stiven Mendoza deu lugar ao lateral Edílson, que teria pouco mais de 15 min para mostrar serviço. O Timão pressionava e ficava mais tempo no campo de ataque, mas com sérias dificuldades para criar lances de perigo. Pouco efetivo, o Alvinegro não conseguiu igualar o marcador e perdeu seu segundo clássico em 2015.

Agora, o Corinthians terá uma semana inteira de treinamentos antes do próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro. No próximo sábado (27), o Timão recebe o Figueirense, às 21h, na Arena Corinthians.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Santos

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de DEVID

    Ranking: 965º

    Devid 1303 comentários

    por @dedablju

    Santos sem o técnico na beira do gramado e sem os dois principais jogadores (Lucas lima e robinho) jogaram muito melhor que a gente, hoje o futebol do Corinthians foi medíocre e quem tiver satisfeito que o futebol apresentado pode me negativar a vontade.

  • Foto do perfil de Leonardo

    Ranking: 651º

    Leonardo 1772 comentários

    por @lcurcino

    #FechaABase

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Cleidson

    Ranking: 12º

    Cleidson 27542 comentários

    345º. por @cleidson

    Foi a época dos clássicos a parter.

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Rodrigo

    Ranking: 4599º

    Rodrigo 293 comentários

    344º. por @cilim

    Futebolzinho sem vergonha que esse Tite tá apresentando ao time..

  • Foto do perfil de Jack

    Ranking: 139º

    Jack 5074 comentários

    343º. por @tadeu54

    Pra mim o pior foi o Mendoza, não acertou um passe a dois metros! Credo!

  • Foto do perfil de Edson

    Ranking: 11º

    Edson 28402 comentários

    342º. por @edsonteo

    Vergonhoso... Timinho... Não jogou nada...

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 71º

    Marcelo 7932 comentários

    341º. por @marcelo1978

    Olha, para dizer que lateral direito que entrou no final do jogo foi o principal destaque do time é porque tem algo de muito errado. O Renato tentou fazer alguma coisa... O Uendel está voltando e não comprometeu tanto (o gol saiu pelo lado direito da defesa)... Dessa vez, o Mendoza só correu e não ajudou o time (aqui, o Tite tem uma culpa imensa, pois não sabe trabalhar o cara)... Muito mal foram Jadson e Love. O primeiro precisa ter regularidade, já o Love e o resto do ataque do Tmão não tem jogado nada... Por fim, se o Petros não vai ficar no Timão, o que ele estava fazendo em campo? O cara não estava nem aí para a paçoca. Testasse um moleque da base, que ele daria mais o sangue que o Petros.

  • Foto do perfil de Cleyton

    Ranking: 3303º

    Cleyton 427 comentários

    340º. por @cleyton.quintao

    Por que está desgraca não coloca o Renato de segundo volante deixa o Jadson no meio põe 3 atacantes na frente e segura estes laterais! Quando ele fazer isso e o time começar a ganhar vão chamar esta ameba de gênio! Vtc Tite burro do #[email protected]% !

  • Foto do perfil de Bob

    Ranking: 920º

    Bob 1365 comentários

    339º. por @felipemarley

    A verdade é que o time é muito fraco, não dá pra depender de Jadson e Renato Augusto que são jogadores medianos, quando eles não estão bem o time trava, o Tite tem que parar de colocar o Jadson de lateral e centraliza-lo, camisa 10 tem que jogar perto do gol.qual é a dificuldade de fazer um 442 básico, mas não, o Tite põe o mendoza de lateral esquerdo e o Jadson de lateral direito, deixando os laterais de verdade como terceiro e quarto zagueiros, assim o love fica isolado no meio, é esse esquema novo ridículo 4231...sei lá eu to cansado de time com medo de vencer, ontem o Santos tinha 5 atacantes...em 70 todos os jogadores do meio pra frente exceto o Jairzinho eram meias esquerda, tem que por quem é bom e não quem marca, o objetivo do jogo é marcar gol e não marcar o adversário, pra mim o time ideal seria:Cássio, Fagner, Felipe, Gil, Arana, Ralf, Renato Augusto, Jadson, Mendoza, Malcom e Love.mas o Tite acha que o Petros joga muito...

  • Foto do perfil de Bob

    Ranking: 920º

    Bob 1365 comentários

    338º. por @felipemarley

    Tem 2 jogadores que eu sou fã absolutamente mas eles são péssimos na saída de bola, Ralf e Gil, o Gil tá jogando apavorado chuta pra onde tá olhando, é muito bom no desarme mas só da bico para o alto, e o Ralf a mesma coisa, ontem no gol do Santos ele tentou cortar uma bola bizarra onde ele estava sozinho, tentou dar um bico pra frente quando era para sair jogando, e a bola saiu mascada fraquinha no pé do Rafael longuine que lançou o Ricardo oliveira...o Tite não treina saída de bola.