Emprestado ao Bragantino, atacante colombiano admite falta da família

Emprestado ao Bragantino, atacante colombiano admite falta da família

Por Meu Timão

9.5 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Brayan Riascos tem apenas 20 anos, mas já possui uma longa carreira no futebol

Brayan Riascos tem apenas 20 anos, mas já possui uma longa carreira no futebol

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Um dos garotos que pertencem ao Timão, mas que foram emprestados a outras equipes para ganhar experiência é o colombiano Brayan Riascos. O garoto de 20 anos, está emprestado a equipe do Bragantino, onde disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

Vivendo no Brasil desde 2013, quando foi contratado pelo Corinthians através da intermediação do ex-jogador Rincón, Brayan afirma que sente falta do que deixou para trás em seu país de origem.

“O que sinto falta no meu país natal é minha família, amigos de infância, etc. Antes do Corinthians, passei por Seleção Buevaventura, Desportes Tulua e Pascual Medina. Através dele (Rincón), vim jogar aqui no Corinthians. Ele me indicou e graças a Deus deu tudo certo. Tenho ele como exemplo” contou o jogador ao portal Torcedores.com.

Desde que passou a ser atleta do Corinthians, o garoto passou a maioria do tempo emprestado ao Flamengo de Guarulhos. Porém em 2014, Riascos teve a oportunidade de disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior e ser vice-campeão da competição, junto de Malcom, que hoje está na equipe principal, e do técnico Osmar Loss, que atualmente é seu técnico no Bragantino.

No meio de sua terceira temporada no futebol brasileiro, o atacante já consegue fazer uma análise entre o nosso futebol e o dos outros lugares por onde passou.

“O futebol colombiano e o futebol brasileiro são mais ou menos quase as mesmas características. É só mudar um pouco as qualidades. O português é um pouco mais estável, não tem muito a pegada que tem o futebol colombiano e o brasileiro” afirmou Brayan.

Empolgado com a oportunidade que está tendo no Bragantino, Brayan espera construir uma sólida carreira aqui no Brasil.

“Estou me adaptando bem, graças a Deus, apesar que no primeiro jogo me machuquei. Mas já estou me recuperando. A Série B vai ser muito importante para a minha carreira. Vai aparecer outras oportunidades, outros times. Se Deus quiser!” completou o atacante.

Veja Mais:

  • Sheik promoverá pelada beneficente de despedida do Timão na Arena

    Corinthians e Emerson Sheik acertam jogo de despedida na Arena

    ver detalhes
  • Sob comando de Barroca, Timão perde a primeira e dá adeus ao Brasileiro Sub-20 na segunda fase

    Corinthians é superado no Barradão e se despede do Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Atletas também serão envolvidos em ação que visa estimular transplantes de órgãos e tecidos

    Corinthians abraça campanha e apagará próprio escudo em prol da doação de órgãos

    ver detalhes
  • Basquete do Corinthians se impôs como visitante e venceu o líder Bauru

    Corinthians supera líder Bauru fora de casa e volta a vencer pelo Paulista de Basquete

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes