Em rede social, Timão ironiza Amarilla: 'E se o juiz apelar, não deixe barato'

Em rede social, Timão ironiza Amarilla: 'E se o juiz apelar, não deixe barato'

6.5 mil visualizações 65 comentários Comunicar erro

Depois de Edu Gaspar dar uma declaração oficial sobre a postura do Corinthians no caso Amarilla, o clube usou suas redes sociais para ironizar sobre o assunto. Uma imagem de Carlos Amarilla dando cartão amarelo para Emerson Sheik, ainda no início do jogo, foi publicada nos canais do Timão, com uma mensagem "Surpresa #SQN" (só que não).

Na legenda da imagem, o clube ainda publicou um trecho da música "Camisa Molhada", de autoria de Carlinhos Vergueiro, que diz: "Fique de olho no apito, que o jogo é na raça e uma luta se ganha no grito. E se o juiz apelar, não deixe barato, ele é igual a você e não pode roubar...".

A publicação é uma manifestação contra as gravações que vazaram na noite deste domingo que mostram o ex-presidente da AFA, Grondona, comentando sobre a escolha de Carlos Amarilla para o jogo entre Boca Juniors e Corinthians. Na ocasião, a atuação do árbitro foi duramente criticada e influência na eliminação do Timão da Copa Libertadores de 2013.

Confira a imagem publicada pelo Corinthians em suas redes sociais

Veja Mais:

  • Corinthians e Chapecoense voltam a se enfrentar, desta vez pela Copa do Brasil

    TV Globo transmite para dois estados jogo decisivo entre Corinthians e Chapecoense

    ver detalhes
  • Placas publicitárias da Arena Corinthians renderão ao menos R$ 12 milhões por ano

    Corinthians fecha acordo independente de R$ 12 milhões pelas placas publicitárias da Arena

    ver detalhes
  • João Celeri assinou contrato com o Corinthians

    Após desistir de Juninho, Corinthians contrata atacante do Botafogo para Sub-20

    ver detalhes
  • Romero marcou o único gol da partida de ida; Timão tem vantagem mínima por vaga nas semifinais

    Corinthians tenta afastar crise e se classificar às semifinais da Copa do Brasil; saiba tudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes