Corinthians libera dupla para exames e aguarda detalhes para oficializar acertos

Corinthians libera dupla para exames e aguarda detalhes para oficializar acertos

Por Meu Timão

Fábio Santos e Petros estão de saída do Timão

Fábio Santos e Petros estão de saída do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A saída de Fábio Santos e Petros do Corinthians já está praticamente selada. Nesta tarde, a assessoria do clube informou que a dupla foi liberada para fazer exames e que aguarda alguns detalhes para oficializar as transações.

"Os atletas Fábio Santos e Petros foram liberados para exames médicos. O clube aguarda fechamento de negócio envolvendo os dois atletas", afirmou a assessoria do Timão.

Remanescente do título Mundial de 2012 no Japão, Fábio Santos acertou sua transferência ao Cruz Azul (MEX) e não joga mais pelo clube do Parque São Jorge. Com a venda do lateral-esquerdo, a direção do Corinthians espera aliviar a folha salarial do elenco. Os valores do negócio, no entanto, não foram divulgados.

Já o meio-campista viaja nesta segunda-feira à Espanha para assinar o vínculo de quatro temporadas com o Real Betis (ESP). Para oficializar o acerto, o clube espanhol deve desembolsar cerca de R$ 6,4 milhões.

Dono de apenas 50% dos direitos econômicos de Petros, o Timão terá direito somente à metade do valor. O restante será repassado a Fernando Garcia, empresário do meio-campista.

Veja Mais:

  • Fiel faz festa na chegada do Corinthians em Santa Catarina

    Corinthians é recebido com festa da Fiel em Santa Catarina; confira

    ver detalhes
  • Pingo, volante com passagem pelo Timão em 99, é treinador do Brusque-SC

    Ex-Corinthians, técnico do Brusque põe jogadores três dias no hotel para duelo da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Como nasce uma torcida ?

    [Bruno Teixeira Rolo] Como nasce uma torcida?

    ver detalhes
  • Feliz, Jadson comemora 'primeira viagem' com Timão em rede social

    Feliz, Jadson comemora 'primeira viagem' com Timão em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes