Tite detona Amarilla: 'Lugar de corrupto e vagabundo é na prisão'

Tite detona Amarilla: 'Lugar de corrupto e vagabundo é na prisão'

Tite diz que nunca mais quer ver Amarilla na frente

Tite diz que nunca mais quer ver Amarilla na frente

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A semana no Corinthians começou movimentada após a divulgação de um provável esquema na arbitragem da partida entre Corinthians e Boca Juniors na Libertadores de 2013. Técnico da equipe naquela época, Tite falou sobre o assunto e demonstrou indignação.

Ao ser questionado sobre qual mensagem gostaria de mandar para Carlos Amarilla, principal envolvido nas acusações, Tite foi direto: "Nunca te ver na minha frente". Mas, preferiu poupar a mão do árbitro, ao ser perguntado se teria algum recado à ela também: " A mãe dele não tem nada a ver com isso", disse, em evento social do Timão na Zona Leste de São Paulo.

Ainda muito incomodado com a situação, o treinador falou que acredita que qualquer pessoa corrupta merece ir parar atrás das grades. "No hospital, no futebol ou no banco de técnico, corrupto e vagabundo, para mim, é na prisão", declarou.

Sobre o jogo contra o Boca Juniors, que Amarilla deixou de dar dois pênaltis para o Timão e anulou dois gols, Tite diz ter recordações, mas que prefere não falar o que pensa, por precaução.

"Foi um dia muito escuro. Não posso falar o que eu penso. Vai ser digno de um processo, porque não tenho provas escritas. A minha prova são meus olhos, as experiências e o julgamento que é meu", contou.

"A coisa bonita que guardo é o sentimento do torcedor pós-jogo. Nunca tive um sentimento como esse de aplauso e carinho. Eu olhava para os atletas e estavam surpresos com o que aconteceu no campo e o carinho e reconhecimento do torcedor com o trabalho. Às vezes não precisa ganhar, mas jogar bem e ser forte para ter reconhecimento", completou, elogiando a postura da torcida.

O treinador ainda falou sobre a possibilidade de retornar a ter uma partida comandada por Amarilla. O árbitro, por enquanto, está suspenso pela Federação Paraguaia de Futebol.

"Num jogo do Corinthians, profissionalmente, sim. Mas se eu puder fazer tudo, sob forma de pedido, para não vê-lo, farei. Tomara que eu não cruze em nenhum local. Deixe eu ficar no meu canto. Ele que siga a vida dele, tenha a consciência dele... Faça aquilo que a cabeça e o coração dele mandarem", finalizou.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes