Cássio afirma que reformulação do elenco preocupa: 'Não sabemos quem estará amanhã'

Cássio afirma que reformulação do elenco preocupa: 'Não sabemos quem estará amanhã'

Por Meu Timão

3.7 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Ídolo do Corinthians, Cássio falou sobre alguns assuntos desta semana no Corinthians

Ídolo do Corinthians, Cássio falou sobre alguns assuntos desta semana no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O goleiro Cássio é um dos poucos remanescentes do elenco que conquistou o Mundial no Japão, em 2012. Somente nesta temporada, Paolo Guerrero, Emerson Sheik e Fábio Santos já se desligaram do clube. O momento de reformulação da equipe é algo que preocupa o jogador, que junto a Danilo e Ralf, se tornou um dos líderes do Timão.

"A gente fica um pouco preocupado, não sabemos quem estará amanhã. O clube vive uma grande crise financeira. Eu, particularmente, achava que ia jogar com o Fábio Santos por muito tempo... Tem um pouco dessa desconfiança porque a gente não sabe quem vai ficar e quem não vai. E a gente sabe que Campeonato Brasileiro é duro, tem lesões, tem problemas", afirmou Cássio, durante participação no programa Boa Noite Fox.

O arqueiro ainda lamentou os desfalques do técnico Tite para a partida do próximo sábado contra o Figueirense. "Por exemplo, hoje a gente não tem um meio-campo que vem jogando. O Cristian está machucado, o Ralf está suspenso, o Bruno Henrique está voltando de lesão. Então vai ter que colocar os meninos da base para jogar ou vai ter que improvisar alguém na função porque não temos peças de reposição", criticou.

Ao longo da entrevista, o goleiro falou sobre a importância da antiga casa do Corinthians. "É muito bom ter o nosso estádio, mas eu tenho uma história e a gente gostava de jogar no Pacaembu. Claro que é o nosso estádio, a Arena, e estamos nos identificando, mas não se pode deixar de falar que tivemos momentos muito bons no Pacaembu", lembrou o camisa 12.

Por fim, Cássio voltou a negar que o atraso no pagamento dos direitos de imagem tenha influência no futebol apresentado pelo Corinthians dentro de campo. "Isso (atrasos) vem desde o ano passado. Jogadores estavam com muitos meses atrasados e não deixaram de correr. Nem conversamos muito disso no clube. Os jogadores conversam sobre isso com a diretoria e a diretoria conversa com a gente sobre isso", completou.

Veja Mais:

  • Timão levou gol bizarro em Campinas e só empatou com Red Bull

    Defesa bate cabeça, e Corinthians tropeça diante do Red Bull em noite de gols contra

    ver detalhes
  • Juninho Capixaba deixou o estádio com um entorse no tornozelo

    Juninho Capixaba sai lesionado e vira dúvida no Corinthians para clássico contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Reservas do Timão ganharão chance em jogo-treino nesta terça

    Após empate em Campinas, Corinthians e Red Bull voltam a se enfrentar nesta terça-feira

    ver detalhes
  • Rodriguinho falou após empate do Timão em Campinas

    Rodriguinho tenta explicar gol anulado e cobra melhora do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes