Lateral aprova formação ofensiva e rende elogios à dupla da base: 'Tem muito talento'

Lateral aprova formação ofensiva e rende elogios à dupla da base: 'Tem muito talento'

Por Meu Timão

Durante coletiva, Edílson analisou o esquema tático testado por Tite no treinamento desta tarde

Durante coletiva, Edílson analisou o esquema tático testado por Tite no treinamento desta tarde

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O técnico Tite sinalizou, na tarde desta quarta-feira, mudanças significativas da equipe para o confronto do fim de semana com o Figueirense. Uma das novidades foi a formação tática testada pelo comandante - do tradicional 4-1-4-1, utilizado em boa parte da temporada, para o 4-3-3. A alteração agradou Edílson, que atuou no time considerado titular.

"A formação ofensiva deu certo no treino, fiquei feliz pelo que fizemos. Conseguimos manter a posse de bola com jogadores de qualidade. Fizemos uma boa transição ofensiva. Se essa escalação for confirmada, esperamos repetir no jogo", comemorou o lateral, substituto do suspenso Fágner.

De acordo com ele, o Timão pode jogar com três atacantes. "O jogo fica mais pelos lados do campo, e todo atacante de lado tem de saber fechar quando a jogada está do outro lado para não deixar o Love sozinho na área. Já jogamos com formação parecida no começo do ano. Independente da formação, precisamos de uma aplicação tática muito boa", analisou.

Com alguns desfalques no meio de campo, o Timão poderá contar com a estreia de Marciel, promessa das categorias de base do Parque São Jorge. O volante treinou pela segunda vez seguida na equipe principal e deve entrar em campo neste sábado. Escolhido para conversar com os jornalistas presentes no CT Joaquim Grava, Edílson não poupou elogios ao jovem.

"Ele é um volante canhoto, difícil ver volante canhoto com a técnica que ele tem. Possui boa saída de bola, tem muita qualidade. É um guri muito bom, é de Porto Alegre, então sempre converso com ele porque joguei lá. Ele vai render bons frutos ao Corinthians. Mas tem de ser passo a passo", reforçou.

"O Tite sempre fala do papel dos mais experientes para receber os mais jovens. Se esses garotos estão no grupo é porque o Tite confia neles. Todo mundo aqui já foi garoto, é uma pressão muito grande. Desde a base, os meninos já recebem essa pressão. Por isso, estão mais acostumados. Marciel e Malcom têm muito talento e vão nos ajudar", declarou.

Veja Mais:

  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes