STF recebe processo do Ministério Público contra Sanchez e mais três dirigentes do Timão

STF recebe processo do Ministério Público contra Sanchez e mais três dirigentes do Timão

Por Meu Timão

Andrés Sanchez terá que dar explicações à Justiça por não recolher impostos

Andrés Sanchez terá que dar explicações à Justiça por não recolher impostos

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O STF (Supremo Tribunal Federal) recebeu, nesta terça-feira, um processo contra Andrés Sanchez, atual superintendente de futebol do Corinthians, e mais três dirigentes do clube por sonegação de impostos e crimes contra o patrimônio. A informação é do jornal Estadão.

Além de Sanchez, estão envolvidos na ação Roberto de Andrade (presidente), André Negão (vice-presidente) e Raul Corrêa (ex-diretor financeiro), todos com cargos da direção do Corinthians durante o período em que os impostos não foram recolhidos. O processo será julgado pelo ministro Roberto Barroso.

Em agosto de 2014, o MPF (Ministério Público Federal) denunciou o quarteto à Justiça Federal. Os mandatários foram enquadrados no artigo 2º da lei contra crimes tributários. Caso sejam condenados, os réus podem receber uma pena de seis meses a dois anos de prisão.

O débito junto à Receita - R$ 94 milhões com juros e correção monetária - se refere ao pagamento de funcionários, prestadores de serviço e empresas terceirizadas. Na época, o clube realizou um acordo para parcelar o total da dívida, desembolsando R$ 15 milhões à vista. O restante será quitado em até 15 anos, com prestações mensais de R$ 450 mil.

"Estamos cumprindo o acordo e pagamos religiosamente todo o mês o que foi acertado desde o ano passado. Não atrasamos nenhum dia. Por isso, me causa surpresa saber que o processo está agora no STF", relatou Emerson Piovezan, diretor financeiro do Corinthians, em entrevista ao Estadão. Mesmo com o acordo, o quarteto terá de dar explicações à Justiça.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes