Renato Augusto cita desgaste físico, mas ressalta ajuda de nova formação em vitória

Renato Augusto cita desgaste físico, mas ressalta ajuda de nova formação em vitória

Por Meu Timão

Renato Augusto tem sido um dos destaques da equipe nas últimas partidas

Renato Augusto tem sido um dos destaques da equipe nas últimas partidas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Um dos principais jogadores do Corinthians nos últimos jogos, Renato Augusto, mais uma vez teve boa atuação. Com boa movimentação dentro de campo, o meia não só armou as jogadas pelo meio do campo, como também fez boas tabelas com Uendel na lateral do campo e finalizou de longa distância.

Neste sábado, o técnico Tite escalou a equipe com três atacantes, diferentemente do que vinha fazendo nos últimos jogos. Essa variação tática deixa o time mais ofensivo, porém também faz com que os jogadores de frente tenham que assumir uma maior responsabilidade com a marcação, uma vez que o meio de campo fica com apenas um volante. Após o jogo, Renato falou sobre essa variação escolhida pelo treinador.

"Não tem jeito, temos de trabalhar mais com isso. Varia muito do 4-1-4-1 para o 4-3-3. É um esquema que está dando certo, mas o desgaste físico é muito grande. A gente precisava vencer. Agora é descansar porque temos uma pedreira pela frente", falou o meia.

A pedreira citada por Renato é a sequência que jogos que o Timão tem pela frente. Serão quatro jogos em dez dias. Renato e seus companheiros terão três dias de preparação e recuperação antes da maratona.

Veja Mais:

  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes
  • O melhor futebol do mundo

    [Walter Falceta] O melhor futebol do mundo

    ver detalhes
  • Timão conquistou a vaga sobre o Flamengo na Arena Barueri

    Corinthians bate Flamengo e vai à semifinal da Copinha

    ver detalhes
  • Pedrinho fez golaço de empate do Corinthians

    Golaço faz meia do Corinthians beirar nota máxima da torcida; árbitro quase zera

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes