Dirigente do River diz aguardar proposta, mas descarta baixar pedida por Téo

Dirigente do River diz aguardar proposta, mas descarta baixar pedida por Téo

Por Meu Timão

Negociação com Téo está complicada para o Corinthians

Negociação com Téo está complicada para o Corinthians

Foto: Divulgação

O sonho de contar com Téo Gutiérrez na sequência da temporada pode estar cada vez mais difícil. Nessa terça-feira, Enzo Francescoli, dirigente do River Plate, garantiu que o time argentino não vai aceitar menos do que foi pedido pelo jogador - US$ 3 milhões (R$ 9,3 milhões).

"Téo já demonstrou o seu valor. Não vamos vendê-lo por um preço abaixo. Só estamos esperando a proposta oficial. Será uma decisão do Téo se tem vontade de voltar a jogar e o técnico depois decidirá se vai aproveitá-lo ou não. Se não vier a oferta que pretendemos, terá que voltar ao clube porque tem contrato", explicou o dirigente, em entrevista ao canal TyC Sports, na Argentina.

Se o River não vai diminuir a pedida, a situação se complica. Mais cedo, Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol, garantiu que o Corinthians não pagará mais de R$ 6 milhões - valor que foi oferecido pela diretoria - e em parcelas.

Sobre o desempenho de Téo Gutiérrez, Francescoli não tem reclamações a fazer e diz que não é a primeira vez que o colombiano pede para sair do River. O dirigente ainda deu uma cutucada dizendo que o jogador tem que ficar no time que diz amar.

"Não é a primeira vez que Teo pede para sair. Seu representante já falou de uma proposta, mas até agora não chegou nada. Ele já havia falado para Gallardo (técnico do River Plate) antes da Copa América. Eu já apreciei o futebol dele das tribunas. Estamos gratos pelo trabalho, ele está buscando novos destinos e me parece bom. Não tenho nada a dizer sobre ele. Sempre rendeu e foi respeitoso", disse. "É contraditório dizer que ama o clube e depois não querer mais jogar aqui. Se ele quiser jogar pelo River, joga", completou.

Veja Mais:

  • Jornal O Globo, do Rio de Janeiro, tenta decifrar o Corinthians de Fábio Carille

    Jornal carioca faz 'manual para os antis' e tenta ensinar como vencer o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Marquinhos é aposta de Carille para conquistar vitória na Colômbia

    Corinthians visita Patriotas para encaminhar classificação às oitavas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Timão e Fluminense medem forças em menos de um mês

    Com jogo indefinido, Corinthians conhece detalhes de mais cinco rodadas do Brasileirão; confira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes