Elias descarta 'infelicidade', mas não descarta a chance de deixar o Timão

Elias descarta 'infelicidade', mas não descarta a chance de deixar o Timão

Elias deu assistência para primeiro gol do Corinthians contra a Ponte Preta

Elias deu assistência para primeiro gol do Corinthians contra a Ponte Preta

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O volante Elias retornou da Seleção Brasileira e já fez seu retorno ao time titular. Nessa quinta-feira, foi o responsável pela assistência do primeiro gol do Corinthians, marcado por Jadson.

Antes mesmo de embarcar para o Chile, sua permanência no Timão foi colocada em dúvida e seu nome foi cotado como reforço do Flamengo. O jogador garantiu que está feliz no clube, mas não descartou totalmente a chance de deixar o Timão.

"Nunca demonstrei infelicidade aqui, Corinthians sabe da minha vontade. Claro que se surgir proposta irrecusável para mim e para o clube, pode ser difícil. Mas o pensamento é ficar aqui", explicou.

Com os três pontos, o Corinthians se aproximou do G4 do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, Elias garante que a equipe ainda não pensa em brigar pelo título. "Trabalhamos jogo a jogo, vamos tentar superar cada partida e nas últimas 15 rodadas vamos ver como estaremos", explicou.

O próximo adversário de Elias e companhia é o Goiás, no domingo, no estádio Serra Dourada. A equipe ainda treina nessa sexta e sábado antes de embarcar.

Veja Mais:

  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes
  • Luidy foi nomeado o melhor jogador do estado de Alagoas em 2016

    Reforço do Corinthians é eleito melhor jogador do ano em AL

    ver detalhes
  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes