Conheça Diego Maradona: Irmão de Rivelino e Platini e novo reforço do Corinthian-Casuals

Conheça Diego Maradona: Irmão de Rivelino e Platini e novo reforço do Corinthian-Casuals

Por Meu Timão

Brasileiro, Diego Maradona é o novo reforço do Corinthian-Casuals

Brasileiro, Diego Maradona é o novo reforço do Corinthian-Casuals

Foto: Meu Timão

No último domingo, Diego Maradona estreou pelo Corinthian-Casuals. Homônimo brasileiro do craque da Argentina, o meia já iniciou sua trajetória no time inglês marcando gol e mostrando o que a torcida pode esperar dele. Nascido no interior de São Paulo, Diego conta que a paixão pelo Corinthians vem de berço. O culpado é o pai, que desde cedo incentivou os filhos e, que, inclusive, deu a um dos filhos o nome de Rivellino.

"Eu nasci em Itaporanga, no estado de São Paulo. Quando eu cresci, meu pai já era corinthiano. Então ele deu para mim e para meus irmãos a camisa do Corinthians, todo o material esportivo do Corinthians. Ele sempre gostou do Corinthians porque ele gostava do Rivellino, tanto é que meu irmão mais velho de chama Rivellino. Então a gente cresceu ‘corinthiano’", contou o meia, em entrevista exclusiva para o Meu Timão.

Se o irmão foi inspirado no ídolo alvinegro, Diego ganhou mais que isso. Um dos maiores jogadores da história mundial: Diego Maradona. "Meu pai sempre foi apaixonado por futebol. Tanto é que meu nome é Diego Maradona, e meus irmãos Roberto Rivellino e Michel Platini. Pra ele não importava a nacionalidade, mas sim o jogador que fazia diferença na época. Eu nasci em 1988, o Maradona jogou a Copa do Mundo de 1986e foi campeão com a Argentina. E ele resolveu me dar o nome de Maradona", explicou.

O meia contou como iniciou sua história no Casuals. E não foi da maneira tradicional. "Eu entrei em contrato com o James, que hoje é treinador do Casuals. Na época, antes de eu vir para Inglaterra, eu tinha mandado eu e-mail para um clube aonde o James trabalhava pedindo uma oportunidade para fazer um teste. Mas nada funcionou. Há dois meses atrás, eu entrei em contato com ele de novo pedindo uma força e um time aqui em Londres, já que eu moro em Oxford, mas queria me mudar para cá. No dia do meu casamento, ele me respondeu a mensagem dizendo que podia me ajudar porque ele tinha acabado de assumir como treinador do Casuals. Eu já conhecia o Casuals por causa da história com o Corinthians, do Brasil. Então eu aceitei e estou aqui hoje", contou.

"Antes de vir para a Inglaterra, eu entrei em contato com alguns clubes para tentar arrumar um teste. Infelizmente, eu não tive resposta de nenhum desses clubes e acabei indo morar em Oxford em vez de Londres. Algum tempo depois, o James entrou em contato comigo falando da oportunidade de fazer um teste no clube onde ele estava treinando no momento. Mas como eu morava longe, em Oxford, eu não me interessei muito. Algum tempo depois, um ano mais ou menos, assim que acabou a temporada aqui na Inglaterra, eu estava jogando por outro time, eu entrei em contato novamente com o James falando que eu estava com a intenção de mudar para Londres e queria arrumar um time para jogar. Um mês depois, ele me mandou a mensagem no dia do meu casamento e me falou que assumiu como treinador o Casuals. E perguntou se eu estava interessado, eu falei: ‘sim, estou interessado’. E foi assim que eu acabei vindo para cá", completou.

No último domingo, Diego marcou seu primeiro gol com a camisa do clube que inspirou a criação do Corinthians. Contra o Met Police, o meia fez o único gol da partida e comemorou a estreia com o "pé direito".

"Foi uma sensação muito legal. Sinceramente, eu não sou um goleador, não sou um jogador que faz muitos gols. E deu certo que, no primeiro jogo, a bola sobrou na área e eu acabei fazendo um gol de “atacante puro”. Foi muito legal, a torcida começou a gritar meu nome, foi uma experiência muito bacana. E espero continuar dessa forma", disse.

"Com certeza tem uma sensação legal, porque eu conheço a história do clube, eu sabia do Corinthians Paulista, do Corinthians Brasileiro (risos). Nasceu através de um clube inglês, Corinthians inglês. Então, a sensação de estar jogando em um clube que deu origem ao Corinthians, um dos maiores clubes do mundo, é uma sensação muito especial", completou.

Confira a entrevista completa de Diego Maradona para o Meu Timão

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes