Prestes a entrar em ‘fria’, Walter é elogiado por Tite: ‘Treina muito forte’

Prestes a entrar em ‘fria’, Walter é elogiado por Tite: ‘Treina muito forte’

Por Meu Timão

Tite tratou de passar confiança a Walter, substituto de Cássio na partida contra o Atlético-MG

Tite tratou de passar confiança a Walter, substituto de Cássio na partida contra o Atlético-MG

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O goleiro Walter sabe bem o quanto uma boa atuação na partida contra o Atlético-MG pode significar em seu futuro. Na briga pela titularidade com Cássio desde que chegou ao clube, em 2013, o arqueiro recebeu elogios do técnico Tite na véspera do duelo contra o líder do Campeonato Brasileiro.

“Cássio é um jogador que tem liderança e história aqui dentro. Walter tem tranquilidade porque é um jogador muito centrado, treina muito forte. É difícil ser goleiro reserva, nunca tem oportunidade de entrar. Mas pelo nível que tem dá tranqüilidade”, assegurou Tite, em conversa com os jornalistas na sala de imprensa do CT do Timão.

A tarefa, porém, não será fácil. Com 28 gols marcados, o Atlético-MG ostenta o melhor ataque de toda a competição, além de já ter conquistado cinco vitórias fora de casa somente nesta temporada. Em tom de brincadeira, Walter definiu a oportunidade como uma “fria boa”, devido à importância da partida para o Corinthians.

“A gente tem mais tranquilidade pelo trabalho do dia a dia, pelo decorrer da semana, do mês. Algumas frias que acabei pegando, frias boas, acabam dando experiência para eu poder entrar e ter um resultado positivo”, avaliou o substituto do goleiro Cássio – Com uma tendinite na coxa esquerda, o camisa 12 ficará afastado por até duas semanas no departamento médico.

Além de analisar a entrada de Walter na equipe titular, o técnico Tite confirmou a escalação contra o Atlético-MG, mas voltou a defender que não há “onze titulares”. “Continuamos sem uma equipe titular. Vou sempre incentivar a competição entre os atletas. Gosto de falar em merecimento. A preparação é de todos", afirmou.

Confira o que rolou na entrevista coletiva do técnico Tite

Mesa tática

São dois jogadores (Bruno Henrique e Rafael Carioca) com qualidade no passe. Ele alterna quando joga com Leandro Donizete ou Dátolo. Não gosto de mexer em duas funções, poderia botar Renato do lado e outro no meio, mas mexeria numa engrenagem que está se montando.

Chegada de um atacante?

Um jogador pivô de 9. Não pra ser titular. Love vem jogando bem, metendo gol. Vai ter um machucado, Romero é de velocidade, Danilo pode jogar ali também.

Meio-campo decisivo!

Elias não é fator surpresa. Ele é constância. Ele vai em quase todas. Ele tem a percepção de atacar espaços. A virtude dele é a transição. Renato dá liberdade a ele para fazer isso.

Malcom preocupado?

É assunto particular. A única atenção é se eu tinha alguma coisa para aconselhá-lo. Isso encaminhamos e ficou por aí.

Possíveis reforços?

Coloquei a necessidade de contratar jogadores para deixar o plantel fortalecido. Os três pontos do Joinville são os mesmos de um clássico. Então, precisamos fortalecer. Temos sintonia de necessidades, mas compreendo o momento que o clube vive. Vamos ver se conseguimos equilibrar as coisas.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians na capital paulista é do tamanho das três rivais juntas

    Nova pesquisa aponta tamanho da Fiel igual à soma das três torcidas rivais

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Brusque nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil

    Corinthians inicia semana com decisão pela Copa do Brasil e outro clássico na Arena

    ver detalhes
  • Jadson deve fazer sua reestreia contra o Brusque, em Santa Catarina

    Reestreia de Jadson em Santa Catarina deve ser confirmada nesta segunda-feira

    ver detalhes
  • Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

    Goleiro do Corinthians destaca dedicação, comprometimento e respeito ao comando

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes