De 'Homem de Vidro' a 'Motorzinho': a evolução de Renato Augusto no Timão

18 mil visualizações 92 comentários

O meia Renato Augusto vive sua melhor fase desde a chegada ao Corinthians. Mesmo quando a equipe não tem boa atuação no geral, ele tem sido destaque dentro de campo e agradado a torcida alvinegra. Os números surpreendem. Nessa temporada, o jogador já atuou em 30 jogos, praticamente o mesmo número de partidas disputadas em todo o ano de 2013 - seu primeiro no Timão.

Conhecido inicialmente como "Homem de Vidro" pela torcida, o meia completa, em agosto, dois anos sem uma grave lesão. Para chegar a isso, Renato Augusto não tem vida fácil. Ele faz parte de um chamado "grupo especial", que tem acompanhamento diferenciado por parte do departamento médico e físico do Corinthians e é vigiado de perto pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

Quando chegou ao Corinthians, no final de 2012, Renato vinha de um histórico de lesões no Bayer Leverkusen (ALE). Nos últimos anos, foram lesões nos dois joelhos e uma grave lesão na coxa esquerda, que o tiraram de inúmeras partidas pelo time alemão. O mesmo aconteceu no seu primeiro ano de Corinthians. O meia só esteve presente em 41% das partidas do Timão e sofreu três sérias lesões no período. Por isso, Bruno Mazziotti resolveu fazer algo para mudar a situação.

"No início do ano passado, fiz um pacto com ele. Prometi que ele não iria mais se machucar e traçamos um planejamento para isso", contou Bruno. "Ele já está perto de completar dois anos sem contusões e na temporada passada foi o ano em que ele mais atuou na carreira, desde que subiu da base no Flamengo. Isso em dez anos de futebol e cada vez ficando mais velho", comemorou, em entrevista exclusiva ao Meu Timão.

"Esse trabalho já vem desde o ano passado, mas vocês estão reparando mais agora. A evolução é grande. Ele foi de 'homem de vidro' ao 'motorzinho' do time", ressaltou Mazziotti.

A evolução é vista dentro de campo nos números de Renato Augusto no Campeonato Brasileiro. O meia é o segundo jogador que mais acertou passes no elenco, com 454; o segundo que mais deu assistências, com 14; o segundo que mais finalizou certo, com dez; e quem mais deu dribles, com oito - em todos ficou atrás apenas de Jadson.

"A sequência de jogos deu confiança a ele. Não adianta eu ir lá e falar 'corre que você não vai sentir nada' e ele correr e sentir. Isso já aconteceu antes e ele sabe como funciona. O trabalho foi feito aos poucos e ele foi ganhando essa confiança que reflete dentro de campo", contou o fisioterapeuta.

Esse trabalho feito com Renato Augusto é visto diariamente dentro do Corinthians. Após a maioria dos jogos, o meia treina separado, faz reforço muscular e é acompanhado de perto por Mazziotti. Minutos antes de dar a entrevista, por exemplo, o fisioterapeuta seguia trabalhando com Renato, mesmo após o elenco todo já ter deixado o CT.

"Ele faz parte de um grupo especial e tem um cuidado semana a semana. Eu brinco que meu trabalho é como o de um engenheiro de carros da fórmula 1, eu preciso analisar toda semana. Tem semana que ele trabalha mais fisicamente, faz academia, tem semana que eu quero que ele repouse mais, por exemplo", explicou o fisioterapeuta.

O "motorzinho" do time estará em campo neste sábado, contra o Atlético-MG, comandando a criação do time, já que Jadson está suspenso. Contra o time mineiro, Renato Augusto chegará a sua 31ª partida este ano, o mesmo número da temporada toda de 2013.

Lesões no Corinthians antes do 'grupo especial'

24 de março de 2013 - Lesão muscular de grau 2 no músculo bíceps femural (posterior) da coxa direita. Renato sentiu uma fisgada durante a partida contra o Guarani, em Campinas, pelo Campeonato Paulista. Na época, perdeu 18 jogos e ficou quase três meses em recuperação.

7 de julho de 2013 - Fratura no arco zigomático (osso da face) sofrida na partida contra o Bahia, em Salvador, após um choque violento com o atacante Souza, do time adversário. Ele passou por cirurgia e ficou três semanas parado.

28 de agosto de 2013 - Artroscopia no joelho direito para retirar uma membrana que estava inflamada. Ele sofreu uma pancada no joelho dez dias antes, em partida contra o Coritiba. A cirurgia foi mais complicada do que o esperado e o meia ficou fora mais de seis semanas da equipe.

Números de Renato Augusto no Corinthians

1ª temporada - 2013: 31 jogos (20 como titular) de 75 jogos do Corinthians no ano; 3 gols marcados - 41% das partidas no ano.
2ª temporada - 2014: 44 jogos (31 como titular) de 63 jogos do Corinthians no ano; 5 gols marcados - 69% das partidas no ano.
3ª temporada - 2015: 30 jogos (29 como titular) de 43 jogos do Corinthians no ano; 2 gols marcados - 69% das partidas no ano.

Veja Mais:

  • Vitória do Botafogo contra o Guarani pode manter sonho do Corinthians vivo no Paulistão

    Restam dois jogos: o que o Corinthians precisa para se classificar no Paulistão?

    ver detalhes
  • Carlinhos disputou apenas duas partidas pelo time principal do Corinthians

    Atacante do Corinthians com poucos minutos no profissional será emprestado ao Atibaia

    ver detalhes
  • Justiça penhora R$ 428 mil das contas do Corinthians após ação movida pelo América-MG

    Corinthians sofre penhora de quase R$ 500 mil na Justiça por dívida com América-MG

    ver detalhes
  • Xavier, volante de 20 anos, pode ganhar chance de treinar com o elenco principal do Corinthians no CT

    Capitão do Corinthians na Copinha pode ser mais um jovem a ganhar chance com Tiago Nunes no CT

    ver detalhes
  • Atuação de Amarilla revoltou Tite e os corinthianos em 2013

    Corinthians parabeniza Conmebol por aniversário e Fiel se revolta ao lembrar eliminação de 2013

    ver detalhes
  • Corinthians estreia no Brasileirão no começo do mês de agosto

    CBF publica calendário do futebol nacional com competições até fevereiro de 2021

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: