Há seis jogos sem marcar, Vagner Love volta a reclamar de poucas chances

Há seis jogos sem marcar, Vagner Love volta a reclamar de poucas chances

Vagner Love só atuou por 45 minutos contra o Vasco

Vagner Love só atuou por 45 minutos contra o Vasco

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O atacante Vagner Love passou mais um jogo do Corinthians em branco. Atuando por 45 minutos na noite dessa quarta-feira, o atacante aumentou seu período sem gols: já são seis jogos. Com forte cobrança da torcida e vendo o técnico Tite colocar Luciano em seu lugar ainda no intervalo da partida, o atacante voltou a reclamar de poucas chances.

"Estou com dois ou três marcadores. Tem de proteger um e se preocupar com os outros que vão chegar para roubar a bola. Isso me dificulta. Enquanto não aparecer um jogador para encostar mais, aparecer mais, dificilmente vou conseguir segurar a bola na frente", declarou o atleta, na saída do gramado.

Assim que Love saiu de campo, o Corinthians iniciou a sequência de gols. Renato Augusto marcou o primeiro, ainda no primeiro minuto do segundo tempo; Gil aumentou e Elias completou.

Para tentar sair desse jejum, o atacante terá um período longo de treinamento. São dez dias entre o jogo dessa quarta-feira até o próximo confronto, contra o São Paulo, no Morumbi, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Timão venceu rival brasileiro em Orlando e carimbou classificação à final da Florida Cup Playoff

    Em noite de estreias e gol de Kazim, Corinthians goleia o Vasco na Florida Cup

    ver detalhes
  • Craque da partida, Kazim marcou um gol e deu uma assistência em apenas 45 minutos; Cristian foi abaixo

    Time reserva supera titular em notas da partida

    ver detalhes
  • Carille já foi avisado que Fagner e Rodriguinho podem ser convocados

    Além de Fagner, meia do Corinthians pode ser chamado por Tite para a Seleção Brasileira

    ver detalhes
  • Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    [Marco Bello] Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes